Personalidades importantes da F1 defendem Verstappen

Toto Wolff, Lewis Hamilton e Bernie Ecclestone

Toto Wolff, Lewis Hamilton e Bernie Ecclestone

Apesar dos ataques que Max Verstappen vem recebendo de todos os lados por sua agressividade na pista, tanto na defesa quanto na conquista de posições, nesta semana ele recedeu três apoios dos mais importantes do mundo da Formula 1.

O tricampeão Lewis Hamilton e o supremo da F1 Bernie Ecclestone defenderam veementemente o jovem piloto holandês.

Questionado sobre as atitudes de Max, Hamilton disse em Monza: “Da um tempo, ele tem 18 anos! Quem aqui com 18 anos não fez um monte de coisas?

“Ele ganhou um GP e a pressão sobre seus jovens ombros é algo que a maioria das pessoas não é capaz de compreender. Ele é jovem e ele está aprendendo.”

“Eu não sei como eu seria com 18 anos na F1, mas certamente teria cometido muitos erros,” encerrou o tricampeão.

Verstappen agradeceu as palavras de Hamilton dizendo que o inglês é um “piloto de verdade”.

Já Bernie Ecclestone, numa conversa com Toto Wolff publicada pelo site oficial da F1, além de defender Verstappen, ainda disse que a F1 precisa de mais pilotos assim:

“Primeiro quero dizer que as equipes, nós (FOM) e a FIA estabelecemos regras estúpidas que impedem disputas acirradas entre os pilotos. Devíamos deixá-los livres para correr outra vez.”

“Quanto a Max, quem imaginaria achar um piloto como ele? Ninguém. Você vê um monte de pilotos sensacionais nas categorias de base, mas quando chegam aqui não acontece nada.”

“Max é ousado. Gostaria de ter pelo menos mais meia-dúzia como ele!”

Toto Wolff, chefe da equipe Mercedes, conversando com Ecclestone, também aproveitou para falar da tecnologia na F1, mas principalmente sobre a importância de pilotos como Verstappen e Hamilton:

“Formula 1 sempre foi sobre pilotos. Eles são os ídolos. Ninguém realmente vem numa corrida para ver uma equipe. Mas para a Mercedes, a F1 também é um campeonato mundial de engenharia. A tecnologia que entrou na F1 sempre esteve na vanguarda do desenvolvimento de carros e eventualmente encontra um novo caminho para os carros de rua. A questão, é claro, é o quão complexa a tecnologia tem que ser? Agora provavelmente está muito complicado – por isso estamos trabalhando para dar aos pilotos o papel de “ídolo” que eles merecem. Lewis e Max estão um passo adiante, se você ver como eles atraem fãs.”

AS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.