Pedro Cardoso vence e conquista título da F4 Sul-americana

Pedro Cardoso

Maior vencedor da história da F4 Sul-americana com sete vitórias no ano, o brasiliense Pedro Cardoso ganhou na tarde deste sábado (5) a primeira corrida da oitava etapa da temporada 2015 e da segunda rodada da Copa Brasil da F4 Sul-americana, realizadas no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). O resultado deu o título por antecipação ao brasiliense, que chegou aos 303 pontos contra 239 do vice-líder, o peruano Rodrigo Pflucker, segundo colocado, e não pode mais ser alcançado pelos rivais. O uruguaio Juan Manuel Casella foi o terceiro e completou o pódio. A corrida final da temporada tem largada prevista para este domingo, às 9h50 (horário de Brasília).

A prova foi bastante movimentada desde o início e marcada por alguns acidentes. Na largada, o pole Pflucker e Cardoso, que partiu do segundo posto, disputaram a ponta da prova e o brasiliense levou a melhor em manobra que decidiu o campeonato. No final da reta oposta, Cardoso colocou por dentro e foi para primeiro, deixando o adversário para trás. Na sequência, o argentino Baltazar Leguizamón e o brasileiro Pedro Caland se envolveram em um acidente que provocou a intervenção do Safety Car. Na relargada, os dois primeiros mantiveram os postos e começaram a abrir dos demais.

O acidente obrigou Caland a entrar nos boxes para trocar a asa traseira e, na metade da prova, foi novamente atingido, desta vez pelo carro do chileno Lorenzo Mauriziano. Na liderança, Cardoso apertou o ritmo e abriu vantagem para Pflucker, que se manteve atrás até a bandeirada. Na última volta, Casella e André Pedralli, que disputavam a última posição do pódio, se envolveram em outro acidente que tirou o paranaense da corrida. O uruguaio, no entanto, conseguiu concluir a prova na terceira posição.

Para a corrida de domingo, o regulamento determina que o grid de largada seja com base no resultado final da primeira corrida, mas com os seis primeiros colocados invertidos. Assim, Pedralli largará da primeira posição, seguido por Guedes, Tomaselli, Casella, Pflucker, Cardoso, Mauriziano, Caland e Leguizamón.

Pedro Cardoso: “Foi um dia inesquecível. Deu tudo certo no fim de semana e a corrida de hoje foi perfeita. Meu carro esteve sempre rápido e consegui manter um ritmo forte durante toda a prova. Larguei bem, passei a pressionar o Rodrigo logo no início e consegui a ultrapassagem ainda na primeira volta. Depois, tive que me preocupar com o ritmo dele, que também estava forte. Nós dois abrimos do restante e foi só esperar o encerramento da prova. Foi o título mais importante de minha carreira. É um dia inesquecível”.

Rodrigo Pflucker: “Foi uma corrida muito disputada, como não poderia deixar de ser. Desde os primeiros treinos o Pedro e eu estamos muito próximos e alguns detalhes definiram a corrida. Ele me passou ainda no começo, tentei acompanhá-lo, mas ele não deu chances. Está de parabéns e vou para a corrida de amanhã com o objetivo de vencer a última do ano”.

Juan Manuel Casella: “A corrida foi muito difícil. No começo consegui ganhar algumas posições e estava com um bom ritmo, mas na última volta fui atingido pelo carro do Pedralli que, por sorte, não me impediu de terminar a prova na terceira colocação. A temporada foi muito equilibrada, estive entre os primeiros durante o ano todo. De maneira geral, estou satisfeito com meu desempenho no ano”.

Resultado da primeira corrida:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 15 voltas em 22min43s822
2) Rodrigo Pflucker (PER) – a 1s630
3) Juan Manuel Casella (URU) – a 17s488
4) Bruna Tomaselli (BRA) – a 19s276
5) Leandro Guedes (BRA) – a 28s314
6) André Pedralli (BRA) – 14 voltas
7) Lorenzo Mauriziano (CHI) – a 10s624
8) Pedro Caland (BRA) – a 1min24s038

Classificação do campeonato:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 303 pontos
2) Rodrigo Pflucker (PER) – 239 pontos
3) Juan Manuel Casella (URU) – 211 pontos
4) Pedro Caland (BRA) – 188 pontos
5) Leandro Guedes (BRA) – 134 pontos
6) Bruna Tomaselli (BRA) – 96 pontos
7) Federico Iribarne (ARG) – 91 pontos
8) Baltazar Leguizamón (ARG) – 89 pontos
9) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 69 pontos
10) Diego Muraglia (URU) – 55 pontos
11) Francisco Cammarota (URU) – 45 pontos
12) Agustín Lima Capitao (ARG) – 42 pontos
13) Juan Cruz Acosta (ARG) – 33 pontos
14) Nicolás Muraglia (URU) – 30 pontos
15) Maximiliano Soto Zurita (CHI) – 27 pontos
16) André Pedralli (BRA) – 26 pontos
17) Daniel Duarte (BRA) – 21 pontos
18) Jorge Matos (EQU) – 6 pontos

Classificação da Copa Brasil:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 96 pontos
2) Rodrigo Pflucker (PER) – 77 pontos
3) Bruna Tomaselli (BRA) – 46 pontos
4) Juan Manuel Casella (URU) – 36 pontos
5) Pedro Caland (BRA) – 31 pontos
6) Baltazar Leguizamón (ARG) – 30 pontos
7) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 30 pontos
8) Leandro Guedes (BRA) – 28 pontos
9) André Pedralli (BRA) – 26 pontos
10) Daniel Duarte (BRA) – 3 pontos

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.