NASCAR TS – Miguel Paludo termina em 12º em Chicago

Miguel Paludo

Miguel Paludo

Após ser punido na primeira volta da prova e perder uma volta, caindo para última colocação, o piloto Miguel Paludo fez uma corrida de recuperação no Chicagoland. O gaúcho conquistou 19 posições e terminou a etapa desta sexta-feira da Nascar Truck Series em 12º. Com o resultado, o gaúcho da Turner Scott Motorsports mantém a distância que tinha para o top-5 do campeonato antes da prova: apenas um ponto. O vencedor da corrida foi Kyle Busch, piloto da Sprint Cup (divisão principal).

“Fiquei bastante desapontado pela punição, porque o carro à minha frente patinou os pneus, então eu poderia fazer a ultrapassagem. Largando eu terceiro, eu tinha real chances de vitória e subir no campeonato. Mas, caindo lá para trás, é difícil se recuperar no meio do pelotão, pegando ar sujo e sem estar na mesma posição de pista dos ponteiros. Pelo menos consegui amenizar o prejuízo e sigo a um ponto do top-5 da tabela”, disse Miguel Paludo, que agora soma 526 pontos no campeonato.

Saindo da terceira colocação, o brasileiro levou uma punição ao se movimentar antes da largada da prova. Com isso, o piloto da Turner teve que passar pelos boxes, o que o fez cair para a 31ª posição.

A primeira bandeira amarela se deu na volta 12 quando Bryan Silas rodou sozinho. Paludo, que acabara de tomar uma passagem do líder, se beneficiou sendo o “lucky dog” e retornou à volta do líder.

Aproveitando a parada, Miguel entrou nos pits, colocou combustível e fez ajustes nas barras da picape. No momento da relargada Paludo era o 26º e buscava sua recuperação na prova.

Voltas depois o piloto do #32 já era o 19º e continuava evoluindo. Na volta 37 já retornava a ser top-15 – e não parava de subir de posições.

Quando a corrida chegava a seu primeiro terço, na passagem 50, Paludo era o 13º. Neste momento, a segunda amarela era sacada por causa da picape de Jennifer Jo Cobb estar com problemas de motor e soltar muita fumaça.

Novamente, aproveitando o momento em amarela, Paludo entrou nos pits para troca de pneus, reabastecimento e ajustes. Miguel relargou na volta 53 em 15º.

Quineze voltas depois, a terceira amarela era balançada após o motor da picape de Mike Harman estourar. Miguel Paludo preferiu não entrar nos pits nesta interrupção e ganhou várias posições.

O gaúcho relargaria em quinto na volta 72. Scott Riggs, apenas três voltas depois, daria à prova sua quarta bandeira amarela.

A relargada se deu na volta 82, com Miguel saindo por fora e lutando com os líderes. Quando a prova chegou na volta 100, Timothy Peters interrompeu a corrida com uma forte batida no muro. Era a quinta amarela da noite.

No momento, Paludo era o 12º colocado e aproveitou a interrupção para fazer mais uma parada para troca de pneus, reabastecimento e ajustes. Após o pit, relargou em 16º com 44 voltas para o fim.

Somente em verde até o final da corrida, Paludo terminou a prova em 12º. Kyle Busch venceu com Brad Keselowski em segundo.

A próxima etapa da Nascar Truck Series será dia 28 de setembro, em Las Vegas, com a Fred’s 350.

Resultado da etapa de Chicago:
(Doze primeiros colocados)
1º) Kyle Busch
2º) Brad Keselowski
3º) Ryan Blaney
4º) Matt Crafton
5º) Ty Dillon
6º) John Wes Townley
7º) Austin Dillon
8º) James Buescher
9º) Jeb Burton
10º) Johnny Sauter
11º) Darrell Wallace Jr
12º) Miguel Paludo

Classificação do campeoanto após 16 provas (16/22):
(Dez primeiros colocados)
1º) Matt Crafton, 609 pontos
2º) James Buescher, 568
3º) Ty Dillon, 550
4º) Jeb Burton, 539
5º) Ryan Blaney, 527
6º) Miguel Paludo, 526
7º) Timothy Peters, 512
8º) Johnny Sauter, 499
9º) Darrell Wallace Jr, 498
10º) Brendan Guaghan, 483

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.