MotoGP – Viñales: Yamaha precisa melhorar nas entradas das curvas

Yamaha YZR-M1 de 2017

Yamaha YZR-M1 de 2017

Maverick Viñales acredita que a principal área em que a Yamaha deve melhorar é na entrada das curvas, seguindo suas experiências iniciais com a YZR-M1. O espanhol se juntou à equipe depois de dois anos na MotoGP com a Suzuki, na qual conquistou a sua primeira vitória na categoria em Silverstone.

Viñales fez a amostragem da M1 durante o teste pós-temporada em Valencia, e continuou a acumular mais quilometragem em Sepang, no final de 2016. “Para mim o ponto mais forte é a parte traseira da moto, a conexão da gasolina com a tração traseira, é realmente suave, mas você também tem muita potência, é uma qualidade muito boa da moto”, disse ele.

“Os tempos de volta foram competitivos, eu terminei o teste da Malásia muito feliz, precisamos ter um pouco mais de velocidade na entrada de curva, ainda sinto que podia melhorar”, explicou ele.

“De qualquer forma, naqueles dias melhoramos bastante e tenho certeza que até a primeira corrida temos tempo para melhorar. Com o motor e o acerto traseiro eu estava me sentindo confiante, mas ainda (na) frente podemos melhorar”, acrescentou.

Viñales, falando durante uma entrevista da Yamaha com o diretor Lin Jarvis, passou a explicar seus objetivos para a próxima campanha. “Para o campeonato, quando eu assinei este contrato já tinha em mente vencer”, afirmou ele.

“Toda vez que eu mudei de categoria ou (mesmo) na mesma categoria, você tem e, mente o objetivo de ganhar e vamos seguir em frente. Em uma temporada você pode ir para cima e para baixo, mas vamos tentar ficar acordados o tempo todo e na frente”, concluiu Viñales.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.