MotoGP – Ducati procura recuperar a confiança

Ducati

A Ducati perdeu um pouco de confiança ao longo das últimas corridas, admite seu gerente geral Gigi Dall’Igna.

Ainda tentando acabar com uma seca de vitórias que remonta ao GP da Austrália de 2010, a Ducati começou forte em 2015 e teve pelo menos um piloto no pódio em cinco das seis primeiras corridas.

Mas desde o segundo lugar de Andrea Iannone em Mugello, no final de maio, a equipe italiana não tem acompanhado a Honda e Yamaha.

“Eu diria que até Mugello foi extremamente positivo, então tivemos alguns problemas que não nos permitiram obter os resultados que esperávamos nas últimas corridas, e um pouco da confiança e sentimento dentro da garagem desapareceu”, disse Dall’Igna ao Gazzetta dello Sport.

“Mas o balanço é satisfatório. Temos um piloto em terceiro lugar no campeonato e tivemos vários pódios”.

Perguntado se ele estava preocupado com o declínio na confiança, Dall’Igna respondeu: “Absolutamente não. É claro que quando você acredita que pode alcançar certos resultados e, em seguida, não consegue, você não fica satisfeito, vê as coisas menos positivas”.

Ele negou que a Ducati se beneficiou de Marc Marquez e Jorge Lorenzo terem problemas e de Dani Pedrosa faltando à várias corridas após a cirurgia no braço, para obter melhores resultados.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.