MotoGP – Ducati espera renovação difícil de Dovizioso

Andrea Dovizioso – Ducati

A Ducati está preparada para uma “negociação difícil” para manter Andrea Dovizioso para a temporada 2019 de MotoGP, de acordo com o diretor esportivo da equipe, Paolo Ciabatti.

Dovizioso teve uma campanha inovadora com a Ducati em 2017, ganhando seis GPs e levando a batalha do campeonato com Marc Márquez até a última corrida. Superou por larga margem seu novo colega, o três vezes campeão Jorge Lorenzo.

Mas o italiano de 31 anos – juntamente com quase todo o grid da categoria rainha – estará sem contrato no final de 2018. Com sua boa fase, especula-se que Dovizioso poderá exigir um aumento de salário e ter ofertas de outras equipes.

“É óbvio que gostaríamos de manter os dois pilotos, mas o nosso orçamento não é infinito e não podemos gastar tudo em uma única direção, mantendo uma margem de desenvolvimento”, disse Ciabatti ao jornal italiano Corriere dello Sport,.

“Estamos conscientes de que Dovizioso espera uma oferta melhor por seus últimos resultados – obtidos, deve ser dito, graças ao seu excelente desenvolvimento pessoal e forma excepcional, mas também graças ao esporte e à competitividade de sua Ducati. Seis corridas não são ganhas por acidente”, explicou.

“Começaremos a falar com Andrea em breve, sobre assuntos financeiros e técnicos. Ele espera um salário alinhado com o dos outros principais pilotos. Será uma negociação difícil. Vamos começar a falar após o teste de Sepang no final do mês”, acrescebtou Ciabatti.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.