MotoGP – Ducati acha que ainda pode vencer em 2015

Ducati

A Ducati espera lutar por vitórias em 2015, apesar da sua nova moto somente ir para a pista vários meses após as máquinas dos rivais.

Enquanto as motos de 2015 da Honda e Yamaha rodaram pela primeira vez durante os testes de verão (junho/agosto) do ano passado, a Ducati não apareceu até o teste de Sepang, em fevereiro.

Mas Paolo Ciabatti acredita que esta abordagem é a mais provável para levar a Ducati para a ponta em 2015.

“A nova moto está um pouco atrasada”, disse ele. “Admitimos isto treinando apenas em Sepang, mas preferimos atrasar um pouco em vez de apressar a estreia de uma nova moto e depois ter que corrigir várias coisas”.

“Parece que estamos colocando as coisas na direção certa, e estamos muito confiantes de lutar por vitórias. É um risco que decidimos tomar para fazer as coisas certas na hora certa. A moto é completamente nova, incluindo o motor, por isso tem muito trabalho a fazer”.

A Ducati não vence na MotoGP desde a vitória de Casey Stoner no GP da Austrália de 2010, mas diminuiu a diferença para os ponteiros em 2014, ajudada pela mudança para a classe Open.

Ciabatti confirmou que a próxima geração GP15 só irá para os pilotos de fábrica Andrea Dovizioso e Andrea Iannone, com as equipes satélites Pramac e Avintia correndo com a GP14 e GP14.2 utilizadas em 2014.

Ele acredita que o plano irá atender as equipes clientes e que a Ducati pode obter quilometragem suficiente sobre a nova moto com sua própria equipe de pilotos.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.