MotoGP – Comentários de domingo – Ducati – Áustria 2018

Jorge Lorenzo

Jorge Lorenzo, P1: Eu era mais forte em algumas áreas da pista, especialmente na subida em quinta marcha, mas ele (Márquez) era muito forte na segunda curva (3) na frenagem, então ele sempre me ultrapassou. Mas na última volta ele não me esperava por fora na aceleração, então foi uma surpresa para ele. E quando o ultrapassei, fui ao limite, arriscando muito na frenagem. Mas consegui e consegui esta vitória inacreditável. Uma das minhas melhores na MotoGP.

Andrea Dovizioso, P3: No final, talvez a escolha de pneus não tenha sido a melhor, mas também não consegui ultrapassar o Jorge. Eu talvez usei muito o pneu traseiro para tentar ultrapassar o Jorge e não consegui ultrapassá-lo. Fui mais rápido nessa parte da corrida, mas não consegui preparar as ultrapassagens da melhor maneira. Isso me custou, com certeza, porque eu tive que desacelerar muito cedo. Dez voltas para o final, eu cometi um pequeno erro, mas eu já estava com problemas com o lado direito no pneu traseiro. No começo eu estava um pouco preocupado porque não esperava. Mas depois de sete (ou] oito voltas eu entendi que ele (Márquez) não tinha uma velocidade melhor do que nós. Então eu estava focado no Jorge. Não no Marc. Eu acho que se eu fosse capaz de ultrapassar o Jorge, minha corrida (teria) mudado um pouco. Mas nós nunca sabemos.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.