Moto GP – Marc Márquez teme novo erro no desenvolvimento da Honda

Marc Marquez

A tarefa da Honda de evitar a repetição dos erros que cometeu com sua moto de 2015 é complicada pela “nova eletrônica” padronizada da Moto GP, segundo Marc Márquez. O bicampeão lutou até a primeira metade do ano passado com a consistência da RC213V, caindo várias vezes, mas depois as coisas foram se ajeitando após uma mudança para a especificação de 2014.

“Em 2013 e 2014 eu tive uma boa moto, e tudo correu bem”, disse ele à Motosprint. “2015 foi o ano em que, nos testes de inverno, nós cometemos um erro, isto é, fomos para o caminho errado com o desenvolvimento”.

“Não foi apenas o meu problema, pois Dani (Pedrosa) também caiu, apesar de nove anos de experiência na Moto GP. Houve uma simultaneidade de erros. Todos nós fizemos alguns ao mesmo tempo”, prosseguiu o espanhol, que lembra as mudanças técnicas para 2016, como os pneus Michelin e o nova central eletrônica da Magneti Marelli.

“A dificuldade maior será no gerenciamento. É muito fácil cometer erros nestes casos. Os pneus são os mesmos para todos, mas o novo software é um passo para trás em comparação com o que tínhamos até o ano passado. Temos que encontrar um desempenho tão perto quanto possível do que tínhamos antes, mas o que complica as coisas é a nossa necessidade de desenvolver uma moto inteira e escolher a configuração certa do motor”, explicou.

“Este é o lugar onde nós tivemos o grande problema em 2015. Mas antes de fazer essa escolha, devemos chegar a um bom nível com a eletrônica; só então nós podemos fazer nossas escolhas no motor. Não faz sentido ter um bom motor com gestão eletrônica inadequada, porque você pode ficar confuso”, concluiu Márquez.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.