Miguel Paludo e Cristiano Piquet são os poles da Porsche GT3 Cup Challenge no Velo Città

Miguel Paludo

Miguel Paludo

Os novos talentos bem que tentaram: deram “calor” para os veteranos da Porsche GT3 Cup Challenge nos treinos da quarta etapa de 2016 no Velo Città. Mas, no fim do dia, prevaleceram os pilotos de melhor desempenho nas tomadas de tempo ao longo da temporada. Em qualis marcados por um belíssimo por do sol, que chegou a incomodar os pilotos na reta principal, Miguel Paludo cravou sua segunda pole consecutiva na Cup e Cristiano Piquet foi à terceira da temporada.

As corridas deste sábado prometem. Na classe Cup, os três primeiros do campeonato vão largar “em fila”, por dentro. Paludo na pole, Ricardo Baptista em terceiro e Lico Kaesemodel em quinto.

Adalberto Baptista, sexto no grid, é o melhor representante da Cup Sport. Tom Valle, que retorna ao evento após hiato de duas etapas, parte em oitavo e foi o mais veloz da Cup Master (para competidores acima de 50 anos de idade).

Na Challenge, Cristiano Piquet está cercado de estreantes. Christian Hahn, de 18 anos, parte na segunda posição. Em terceiro vem o também estreante Marçal Muller, melhor Challenge Sport do grid. Rodrigo Mello completa a segunda fila a despeito de problemas durante a tomada de tempo.

Na terceira, alinham o vice-líder Gonzalo Huerta e Daniel Paludo, que vem de duas vitórias consecutivas na categoria.

A programação deste sábado começa às 10h com a primeira largada da Cup.

O canal da Porsche GT3 Cup Challenge no Youtube mostra as três provas ao vivo.

Na TV, o Sportv 3 mostra a quarta etapa do ano às 15h do próximo dia 26, enquanto a Band transmite as corridas no dia 9 de julho às 13h.

 

Os treinos

Cup

Lico Kaesemodel começou mostrando força. Mesmo desviando de um carro atravessado na pista, fez uma boa volta e trouxe o carro #63 para box. Pedro Queirolo e Carlos Ambrósio também deram só um giro no Q1, salvando pneus para a fase decisiva do treino.

A última vaga no top10 ficou com Tom Valle, com a marca um décimo melhor que a de Maurizio Billi.

O melhor tempo foi de Adalberto Baptista, com 1min30s216. Ele foi 30 milésimos mais veloz que seu irmão Ricardo, autor da segunda marca do Q1.

No Q2, o Porsche #27 abriu os trabalhos com o melhor tempo. Mas na marca de cinco minutos (metade da sessão) Pedro Queirolo usou a pista toda e baixou a marca da Baptista em 27 milésimos. Marcel Visconde tinha o terceiro tempo, uma posição à frente de Miguel Paludo. A três minutos para o fim, o gaúcho baixou mais a marca e assumiu o terceiro lugar.

No minuto final, Paludo tirou um coelho da cartola e na sua quinta volta no Q2 conquistou a segunda pole na temporada, repetindo o resultado da etapa passada em Curitiba.

Ricardo Baptista e Marcel Visconde vão sair na segunda fila. O líder Lico Kaesemodel abre a terceira, ao lado de Adalberto Baptista (pole na Cup Sport). Em oitavo no grid, Tom Valle é o competidor mais bem classificado da Cup Master.

 

Challenge

A jornada dos Porsche “997-II” começou quente. Após garantir uma volta na casa de 1min33s, o líder Cristiano Piquet buscava melhorar sua marca quando acabou rodando. Então o líder da Challenge Sport, Eloi Khouri, roubou a cena: cravou 1min33s687 e assumiu a liderança após 9 minutos das 15 programadas para o Q1.

A bandeira vermelha foi acionada faltando 5min20s para o término da sessão, após contato de Rouman Ziemkiewicz com o muro na reta principal. Quem levou a pior com a interrupção do treino foi Rodrigo Mello, que vinha com os dois primeiros trechos mais rápidos da sessão e foi obrigado a recolher para box numa volta muito boa.

Quando o treino recomeçou, o estreante Christian Hahn entrou na casa de 1min32s e assumiu a liderança. Mello ratificou a performance e saltou para segundo. Gonzalo Huerta cravou o terceiro tempo e Daniel Paludo o quarto.

Faltando três minutos para o fim, outro estreante, Marçal Muller, também baixou de 1min33s e foi apenas 26 milésimo mais lento que Hahn, assumindo a segunda posição.

No minuto final de Q1, a disputa pelo décimo e último posto a lutar pela pole foi emocionante. Nando Elias desbancou Christian Germano pouco antes da quadriculada. Luiz Arruda também baixou a marca do Porsche #51, mas não o suficiente para registrar o décimo tempo. Arruda tinha ainda uma última chance, e vinha rápido. Mas deu uma espalhada na curva da vitória e foi obrigado a se contentar com o 11º tempo.

Na fase final do treino, após os dez mais rápidos completarem suas voltas rápidas, Marçal Muller liderava, com Gonzalo Huerta em segundo e Cristiano Piquet em terceiro.

Na segunda passagem, Christian Hahn assumiu provisoriamente a liderança, mas Cristiano Piquet veio determinado e fechou sua volta na casa de 1min32s5. Depois ele veio ainda mais veloz, cravando 1min32s468 faltando dois minutos e meio para o final. Deu refresco em uma volta e baixou para 1min32s317 na seguinte.

Hahn terminou com o segundo lugar. A segunda fila terá Marçal Muller, pole na classe Sport, ao lado de Rodrigo Mello. Na terceira vão alinhar Huerta e Daniel Paludo.

 

DECLARAÇÕES DOS PILOTOS

 

Fiz duas voltas para aquecer o pneu, duas rápidas, esfriei mais uma e aí veio a volta da pole. Estou muito feliz com a pole de novo, sobretudo com os 45 quilos porque esta pista é bem diferente das outras: nas freadas o peso influencia bastante. Então eu sofri bastante hoje e fico feliz com a pole. Amanhã vem uma galera de 21 pessoas da Brandt e nada melhor que sair novamente na pole diante deles. Vamos agora focar em amanhã, para fazer uma largada limpa e recuperar o tempo perdido na segunda bateria de Curitiba na etapa passada

MIGUEL PALUDO

 

A dificuldade é que o Paludo é um cara que já tem umas 30 poles né… Ele podia deixar eu fazer minha terceira, já que sou relativamente novo na categoria (risos). Mas tudo bem… Dei duas voltas e vi que estava difícil virar depois de duas voltas rápidas. Poderia até baixar um ou dois décimos, mas teria que forçar demais e preferi guardar o pneu. Achei que ninguém ia conseguir virar na quarta ou na quinta voltas, mas o Paludo realmente fez uma volta espetacular e o mérito é todo dele. Espero sair em segundo, com uma largada limpa livre do toques e ir pra cima durante a prova. O fato de eu ter dado uma volta só no Q1 e duas no Q2 pode me ajudar porque terei mais pneu no final e isso pode fazer diferença

PEDRO QUEIROLO

 

Essa corrida aqui é sempre imprevisível, porque o piloto fica sempre muito próximo de errar. Então no decorrer da prova, sobe a temperatura dos pneus, ultrapassagens são difíceis, então acho que vai ser uma corrida muito interessante para quem estiver assistindo, mas bem difícil para quem estiver guiando. Então tem que administrar bem, errar o mínimo possível e tentar chegar na frente dos concorrentes. Agora o jeito é um tentar chegar na frente do outro…

RICARDO BAPTISTA

 

Largando em quinto e tomando só dois décimos do pole, então mostra que está bem competitivo. Nas duas primeiras voltas fui um décimo mais lento, daí dei uma volta lenta para esfriar o pneu e fui mais rápido na tentativa final, mesmo sem o pneu ideal. O que importa é fazer bons pontos. Estamos 14 pontos à frente do segundo colocado e tem uma fila ali: o Paludo em primeiro, Baptista em terceiro e eu em quinto. É uma fila indiana ali de quem está disputando o campeonato. Então temos que ter cabeça e acelerar bastante

LICO KAESEMODEL

 

Foi uma pena, porque no Q1 eu tinha o melhor tempo e no Q2 vinha 0s26 mais rápido de acordo com a volta prevista no volante e acabei rodando. Sorte que depois deu para fazer uma volta boa e sair em sexto. Vamos ver se nos permite terminar a corrida direitinho e, com o grid invertido na segunda bateria, ir ainda mais pra frente

ADALBERTO BAPTISTA

 

Eu apanho muito dessa pista aqui, então, pra mim, é uma vitória essa posição no grid. Do último treino para o quali melhorei três segundos, então estou bem feliz. Meu retrospecto aqui é péssimo, então se conseguir terminar a corrida classificando em uma posição razoável, estou feliz

TOM VALLE

 

Desde o ano passado que nosso preparador Marcelo Indy vem falando “o acerto, Cristiano, o acerto é este, o acerto é este”… E a gente nunca que experimentou porque é completamente diferente de tudo que todo mundo usou aqui. E aí finalmente resolvemos experimentar e esse acerto realmente é fantástico, tanto que fizemos as três melhores voltas do treino. Um acerto de 50 anos de experiência do Indy! É o presente de aniversário dele hoje.

CRISTIANO PIQUET

 

Foi muito legal. Não conhecia o carro bem. Cheguei aqui na quarta para um teste de convidado. Gostei do carro, então conversei com meu pai e resolvemos fazer a prova da Challenge. Então fui evoluindo nos treinos. Foi um trabalho duro mas consegui melhorar bastante com o carro, conhecer a pista bem e estou até meio surpreso. Não esperava um resultado tão bom assim no quali e vamos largar na primeira fila amanhã, lideramos alguns treinos, então estou esperando uma boa corrida

CHRISTIAN HAHN

 

Foi um quali complicado. Vinha com dois trechos roxos no Q1 com pneu velho e era provavelmente o único ou um dos poucos com pneu totalmente zero no Q2. Só que meu carro não deu partida na hora que tentei sair, aí todo mundo me passou, fiquei encaixotado na pista e quando consegui sair acabei meio eufórico, perdi a volta do pneu e rodei. Acho que tinha condição de largar mais à frente. Mas bom que pelo menos velocidade eu tenho, mostramos que tenho ritmo e amanhã é ter paciência para conseguir tirar proveito dessa performance que hoje vimos que temos. Com certeza vou pra cima amanhã

RODRIGO MELLO

 

Foi uma tomada de tempo difícil. Estava meio escuro já com o por do sol e ainda perdi contato com o rádio, então não sabia minha posição nos tempos. Acabei em quinto, o que aqui nesta pista é melhor que quarto por largar por dentro. Vamos ver o que vem na corrida de amanhã

GONZALO HUERTA

 

RESULTADOS

Cup

1° 7 M. Paludo (45) 1:30.101

2° 13 P. Queirolo (25) 1:30.206

3° 27 R. Baptista (45) 1:30.233

4° 15 M. Visconde 1:30.322

5° 63 L.Kaesemodel (50) 1:30.335

6° 10 SPO A. Baptista 1:30.406

7° 90 JP Mauro (30) 1:30.503

8° 99 MAS T. Valle 1:30.984

9° 16 SPO M. Hahn 1:31.104

10° 18 SPO C.Ambrósio (10) 1:31.236

11° 34 MAS M. Billi (5) 1:32.337

12° 2 SPO M. Basso 1:32.554

13° 44 SPO B.Leite 1:33.401

 

Challenge

1° 8 C. Piquet (50) 1:32.317

2° 12 C. Hahn (25) 1:32.632

3° 544 SPO M. Muller 1:32.955

4° 29 R. Mello (25) 1:33.205

5° 7 G. Huerta (45) 1:33.326

6° 89 D. Paludo (40) 1:33.384

7° 11 M. Mauro (10) 1:33.443

8° 21 SPO E. Khouri (30) 1:34.451

9° 27 SPO L.F. Elias (5) 1:34.470

10° 56 O. Mesquita (35) 1:33.617*

11° 91 SPO L. Arruda 1:34.215

12° 51 SPO C. Germano (20) 1:34.327

13° 50 SPO R. Alcaraz (15) 1:34.616

14° 16 SPO D. Giustozzi 1:35.090

15° 38 SPO R. Samed (10) 1:36.614

16° 37 SPO G. Reischl 1:36.925

17° 25 SPO M. Salla 1:37.097

18° 80 SPO R.Ziemkiewicz 1:37.823

* Penalizado em duas posições por atitude antidesportiva

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.