Mercedes não é a culpada pelo tédio na F1, segundo Surer

Mercedes

Marc Surer, ex-piloto de Fórmula 1, diz que não é justo culpar a Mercedes pelos problemas atuais da categoria.

“Sempre houve equipes que dominaram”, declarou Surer, agora comentarista da televisão alemã, em uma entrevista ao Tages-Anzeiger. “Antes da Mercedes, era a Red Bull com Vettel e a Ferrari com Schumacher. Temos de conviver com isso, porque muito depende do lado técnico”.

Entretanto, ao ser questionado se o nível de domínio mudou, Surer argumentou: “Não creio que ele se intensificou nos anos recentes. O que mudou é a aceitação da audiência. Mas sempre foi uma excessão se mais equipes lutam pelo título na mesma temporada”.

“O problema fundamental é o regulamento. Ele é complicado demais, então os fãs não entendem mais. Ao mesmo tempo, o marketing é um desastre. Por exemplo, a Mercedes é a única equipe usando o termo ‘híbrido’, e para todo o resto temos MGU-H e MGU-K. A Fórmula 1 não está vendendo essa mensagem”.

“Na minha opinião, a transição para o híbrido foi ótima, porque é o futuro dos carros, mas os dirigentes cometeram um erro com a complexidade de tudo isso”, acrescentou Surer.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.