McLaren: Planos da F1 para 2021 não podem ser diluídos

Andreas Seidl

Andreas Seidl, chefe da McLaren, diz que a FIA deve manter os princípios do regulamento de 2021 mesmo se um atraso em sua publicação permitir mudanças.

As regras deveriam ser confirmadas pelo Conselho Mundial de Automobilismo na sexta-feira, mas a FIA e a organização da Fórmula 1 pediram para as equipes aprovarem um adiamento até outubro.

Contudo, nem todas as equipes assinaram uma carta relacionada ao assunto que circulou no Canadá, e entende-se que a McLaren foi uma das que expressou reservas sobre o texto da versão original.

O caso agora será debatido em uma reunião em Paris nesta quinta-feira, antes do evento principal do Conselho Mundial.

A Renault já deixou claro que teme que o tempo extra abrirá a porta para alterações significativas no regulamento proposto, e a McLaren tem a mesma opinião.

“Nós vemos o mesmo risco”, declarou Seidl ao site Autosport. “Mas, por outro lado, acreditamos que a FIA e a Liberty sabem que o estão fazendo e o que é bom para a categoria no futuro. Alguns princípios foram concordados. Nós não temos o regulamento final, só esperamos que tudo continue assim, o que é a coisa certa em nossa opinião”.

“Agora, precisamos ver qual é o resultado. No fim, não faz uma grande diferença. O principal para nós é que os princípios que foram estabelecidos sejam mantidos. Essa é nossa prioridade, para ser honesto”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.