Mazda Road to Indy – Marcel Coletta disputa final mundial em Laguna Seca

Marcel Coletta

Marcel Coletta

Chegou a hora. Na próxima terça e quarta-feira (6 e 7), o paulista Marcel Coletta, de 15 anos, disputará no autódromo de Laguna Seca, em Monterey, nos Estados Unidos, o shootout do Mazda Road to Indy, valendo o prêmio de 200 mil dólares, equivalente a uma temporada completa na USF2000, primeiro estágio do projeto rumo à Fórmula Indy.

Coletta conquistou sua vaga para a final mundial ao vencer em agosto, no Brasil, o torneio nacional numa competição de kart em Interlagos (SP). Nos Estados Unidos, o piloto enfrentará outros 17 concorrentes de todo o mundo.

Campeão Brasileiro, da Copa do Brasil, do Sul-Brasileiro, hexacampeão do Super Kart Brasil, além de títulos no Paulista e Paulista Light de Kart, Marcel completou recentemente 15 anos e fez alguns testes para se preparar para a disputa, já que nunca correu de monopostos.

A disputa começará com três treinos de 20 minutos a bordo de um USF2000 no dia 6. Ao final, alguns pilotos já serão eliminados e, no dia seguinte, será realizado mais um treino de 20 minutos, uma tomada de tempos e a prova final, que vai definir o vencedor do prêmio de 200 mil dólares.

Organizador e representante do Mazda Road to Indy no Brasil, Paulo Carcasci acompanhará o shootout e está muito animado com a participação de Coletta na decisão. “O Brasil estará muito bem representado com o Marcel. Ele é talentoso e muito jovem ainda. Tenho certeza de que terá um futuro de muito sucesso no automobilismo”, declarou Carcasci, heptacampeão brasileiro de kart, campeão europeu de Fórmula Ford, campeão da F-3 Japonesa, além de vencedor da Gold Cup na F-3000, e que atualmente é coach internacional para pilotos.

“O Mazda Road to Indy é uma oportunidade fantástica aos pilotos que querem crescer no automobilismo. Basta o piloto vencer que tem sua participação no passo seguinte garantida pelos organizadores, até as 500 Milhas de Indianápolis”, lembrou Carcasci, destacando os passos do projeto que começa na USF2000, passa pela Pro Mazda, Indy Lights até chegar à Fórmula Indy.

“Com total de mais de cinco milhões de dólares em prêmios, o MRTI é, sem duvida, a melhor bolsa para qualquer piloto”, completou.

O Mazda Road to Indy é um dos projetos mais bem sucedidos para a formação de pilotos no mundo. A Mazda passou a dar seu nome ao projeto em 2010 e desde o seu lançamento pilotos de diversos países já passaram pelas competições. Austrália, Brasil, Canadá, China, Colômbia, Finlândia, Irlanda, Coréia, México, Holanda, Noruega, Filipinas, Espanha, Grã-Bretanha, Venezuela e Zimbábue já tiveram representantes no grid, mostrando seus talentos em circuitos mistos, de rua e ovais nos EUA.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.