Maldonado: F1 pune por cada pequeno toque

Marcus Ericsson e Pastor Maldonado

Pastor Maldonado se recusou a assumir a culpa pela colisão com Marcus Ericsson no GP do Brasil e reitera a sua convicção de que foi um incidente de corrida. O piloto da Lotus tocou no da Sauber no meio da prova e provocou sua rodada.

A direção de corrida puniu Maldonado com 5s, mas ele conseguiu se recuperar para chegar em décimo lugar marcando um ponto, em virtude da desclassificação da Williams de Felipe Massa. Chefe da Sauber, Monisha Kaltenborn disse que o venezuelano é um adversário “muito chato”, que se envolveu em uma série de colisões em sua carreira.

“Há um ditado que diz que as corridas exigem contato”, disse Maldonado. “Na Fórmula 1 às vezes parece que você é penalizado por cada pequeno toque. Eu vi uma lacuna que estava lá – e todos nós queremos ver ultrapassagens na F1 – e ele fechou o espaço enquanto defendendia sua posição”.

“Eu vi isso como um incidente de corrida, e em uma curva como a primeira no Brasil, o piloto do lado de fora costuma levar a pior”, explicou o piloto da Lotus, que se entendeu com Ericsson após o evento.

“Falamos depois da corrida e está tudo bem entre nós”, confirmou ele. “Eu acho que o mesmo teria acontecido se as posições fossem invertidas, ele teria tentado o mesmo movimento sobre mim”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.