Indy – Pilotos da Honda estão mais otimistas com novo motor

Graham Rahal

Ryan Hunter- Reay admite que tinha dúvidas sobre a decisão da Andretti Autosport de trocar os motores Chevrolet pelos Honda para 2014. O piloto norte-americano, no entanto, está agora mais otimista sobre os esforços do fabricante japonês para domar sua nova unidade biturbo, conceito já adotado pela rival.

“Há muito trabalho a fazer”, reconheceu o campeão da F-Indy em 2012. Acho que a Honda tem que alcançar o que a Chevy fez nos últimos dois anos”.

Com os principais parâmetros do motor já tendo sido definidos, a maior parte do esforço é direcionado para a dirigibilidade. “A coisa boa é que sabemos o que tínhamos. Nós temos um índice de referência. Sabemos onde Chevy está, provavelmente, fazendo progressos no período de entressafra”, prosseguiu o piloto.

“Nós temos uma ideia de onde precisamos estar. Estamos trabalhando no lado da dirigibilidade com a Honda. Estamos fechando essa lacuna”, concluiu Hunter-Reay.

Graham Rahal, que já usava motores Honda no ano passado, espera que o biturbo represente um passo significativo para a frente. “Minha primeira impressão foi ficar surpreso por termos estado tão competitivos (com o monoturbo)”, afirmou ele. “O biturbo tem muito mais resposta de impulso, é melhor nas curvas. Eu acho que deve haver um grande ganho de desempenho, principalmente em Indianapolis”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.