Horner precisa convencer Mateschitz a continuar na Formula 1

Christian Horner e Dietrich Mateschitz

Christian Horner, chefe da Red Bull, admite que cabe a ele convencer o proprietário Dietrich Mateschitz a permanecer na Fórmula 1.

“Dietrich não fala muito frequentemente, e quando ele o faz, você precisa prestar atenção”, declarou Horner. “Ele está um pouco desiludido com a Fórmula 1 no momento – vem dizendo isso constantemente. Meu trabalho é tentar encontrar uma solução”.

“Temos um compromisso com a F1, com nossa força de trabalho, uma equipe talentosa, e estou fazendo o meu melhor para garantir que tenhamos um motor competitivo no próximo ano. Se não for o caso, existe um risco (da Red Bull sair)”.

“A posição da Red Bull é diferente de Ferrari, McLaren, Williams – a Fórmula 1 precisa proporcionar um retorno de marketing global. Para isso, você não pode ficar restringido em termos de ferramentas à sua disposição”.

As ameaças de saída da Red Bull têm sido frequentemente minimizadas devido ao fato da equipe ter assinado um contrato de longa duração para ficar na F1, mas Horner indicou que isso não será uma barreira suficiente para impedir que Mateschitz retire suas duas equipes.

“Como Bernie Ecclestone diria, as circunstâncias mudaram”, afirmou ele. “As circunstâncias agora estão diferentes de quando assinamos o acordo. Nossa intenção é encontrar uma solução, há muito trabalho ocorrendo nos bastidores para isso”.

“Uma parte está fora de nossas mãos. Não tenha dúvida de que todos os esforços estão sendo feitos a fim de garantir que a Red Bull continue aqui até 2020, e espero que além disso, mas há algumas grandes questões que precisam ser respondidas”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.