Hembery: “Não vamos ficar na F1 a qualquer custo”

Paul Hembery

Paul Hembery, alertou que a Pirelli não vai continuar a fornecer pneus na F1 “a qualquer custo”, dizendo que a sua participação continua sendo dependente de receber reconhecimento positivo e da categoria crescer em alguns mercados.

A empresa italiana tem sido fornecedora de pneus desde que substituiu a Bridgestone em 2011, com o seu atual contrato expirando no final da temporada de 2016.

Atualmente em um processo de licitação com a rival Michelin, embora seja considerada a favorita para continuar seu contrato, dada a fraca resposta das equipes em relação à proposta da concorrente em apresentar compostos com baixa degradação, Hembery disse que outros fatores ainda precisam ser levados em conta quando se trata de determinar seu próprio futuro.

De fato, embora Hembery já declarasse anteriormente sua vontade em atender a F1 no fornecimento de pneus para melhorar o espetáculo, a categoria em si ainda tem de contribuir de volta, aumentando o seu alcance na América do Norte e Ásia.

“Eu sempre disse que nós não estaremos na categoria a qualquer custo – tem que funcionar como uma proposta de negócio. A categoria ainda é forte historicamente na América do Sul, Brasil em particular, e na Europa, mas precisamos que seja mais forte na Ásia e precisamos cultivá-la na América do Norte – precisamos de um público maior nesses mercados”.

“Não é certo que, a qualquer custo, queremos estar aqui, mas estaremos se fizer sentido para o negócio – e se a categoria nos quer aqui. Se não querem reconhecer o nosso papel e envolvimento, então vamos fazer outra coisa…”

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.