GT Brasil – Pedro Queirolo vence corrida eletrizante em Curitiba

gt3-pedroqueirolo-350Quando abriu a penúltima volta em terceiro lugar, ninguém poderia imaginar que seria Pedro Queirolo o vencedor da quinta corrida da temporada da Itaipava GT3, disputada neste sábado (21) em Curitiba. A disputa pegava fogo e parecia restrita ao líder, Claudio Dahruj, e ao vice-líder, Xandy Negrão. Mas as corridas têm dessas coisas: na tentativa de fugir da pressão, o primeiro colocado acertou em cheio um retardatário e a liderança foi de graça para as mãos de Xandy Negrão.

Só que, quando o novo líder entrou na última curva, na última volta, o carro falhou por falta de combustível ou pane elétrica, ele não soube precisar – e o motivo não importava tanto quanto o fato de ver passar por ali o carro de Pedro Queirolo. “A gente tem que acreditar sempre. Estava em segundo, foi muito emocionante. Quando eu vi que eles estavam balançando o carro não acreditei na sorte. Foi muito bom”, comemorou Pedro Queirolo.

Foi a terceira vitória consecutiva dele na categoria, havia vencido as duas corridas do Anhembi, o que faz do piloto o novo líder da Itaipava GT3. “É sempre bom vencer, não importa onde. Foi muito legal especialmente pelas circunstâncias. Eu estava em terceiro na prova, satisfeito, e é isso. Para ganhar é preciso terminar. Alguns bateram, outros rodaram, e chegamos em primeiro de novo. Tenho que pontuar para avançar no campeonato”, acrescenta Pedro Queirolo.

“Na verdade, não sei se foi realmente esse negócio de gasolina ou pena elétrica. Tínhamos sofrido com isso na reta no primeiro dia de treino, mas agora temos que esperar os alemães (engenheiros da Lamborghini) examinarem tudo. Porque fica falhando câmbio, iluminação do painel, então não tenho certeza se foi combustível ou algo elétrico. No treino aconteceu uma vez, eles olharam no PI e não deu nada, e agora na corrida foi só na última curva, antes não deu nada”, falou Xandy Negrão.

Mesmo com o problema, ele conseguiu levar o carro até a segunda posição, o que faz dele e do filho, Xandinho Negrão, os novos vice-líderes do campeonato, seis pontos atrás de Pedro Queirolo. O piloto da casa, Enrique Bernoldi, chegou em terceiro em parceria com Paulo Bonifácio. “Sempre venho para uma corrida para tentar vencer, mas depois de largar em décimo e chegar em terceiro, não tenho do que reclamar”, comentou Enrique Bernoldi.

“Foi uma corrida diferente. Nas outras categorias que disputei, o resultado não mudava tanto no final. Estava muito disputado, não tinha cinco metros entre cada carro. Quando entreguei o carro estava em sétimo e no final chegamos em terceiro. Foi uma surpresa”, revelou Enrique Bernoldi. O quarto lugar ficou com a dupla Daniel Serra e Chico Longo, que liderou boa parte da prova mas enfrentou problemas de freio. Em quinto, chegou Cleber Faria, resultado importante para o campeonato.

Cleber Faria já é o quarto na tabela de classificação, bem perto dos terceiros colocados, Claudio Ricci e Rafael Derani. O Itaipava GT Brasil tem mais uma corrida agendada para este domingo (22), a sexta da temporada, com Cleber Faria largando em segundo lugar, imediatamente atrás do atual campeão da categoria, Matheus Stumpf, parceiro de Valdeno Brito, que fez a pole position. A prova será transmitida ao vivo pelo portal Terra e pela Rede Bandeirantes a partir das 12h30.

Xandy Negrão e Xandinho Negrão desclassificados da primeira corrida do fim de semana em Curitiba

Os comissários técnicos da CBA anunciaram no início da noite deste sábado (21) a desclassificação da dupla Xandy Negrão e Xandinho Negrão, segundos colocados na quinta corrida da temporada da Itaipava GT3, disputada em Curitiba e vencida por Pedro Queirolo.

O carro da dupla chegou ao parque fechado sem os três litros de combustível obrigatórios para vistoria técnica – o que causou a desclassificação. Desta forma, Enrique Bernoldi e Paulo Bonifácio sobem para segundo e Chico Longo e Daniel Serra para terceiro.

O NOVO RESULTADO FINAL EM CURITIBA
1º) 13 – Pedro Queirolo (CO, SP), 37 voltas em 50:50.921 (média de 161,31 km/h)
2º) 5 – E.Bernoldi/P.Bonifacio (FO , RS/SP), a 10.786
3º) 19 – C.Longo/D.Serra (FE , SP/SP), a 12.110
4º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 28.767
5º) 105 – V.Faria/R.Guerra (LA , SP/SP), a 29.477
6º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 30.381
7º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 36.606
8º) 75 – Henrique Assunção (VI , SP), a 1 volta
9º) 61 – F.Croce/FGCroce (VI , SP/SP), a 2 voltas
10º) 18 – F.Poeta/W.Derani (LA , RS/SP), a 3 voltas
11º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO , PB/RS), a 4 voltas
12º) 99 – R.Ricca/R.Daniel (LA , SP/SP), a 4 voltas

NOVA CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DA ITAIPAVA GT3 (APÓS 5 DE 20 CORRIDAS)
1 Pedro Queirolo (Corvette Z06R), 60 pontos
2 Rafael Derani/Claudio Ricci (Ferrari F430), 50
3 Cleber Faria (Lamborghini Gallardo LP560), 49
4 Marcelo Hahn/Allam Khodair (Lamborghini Gallardo LP600), 47
5 Paulo Bonifácio (Ford GT), 44
6 Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Lamborghini Gallardo LP600), 37
7 Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari F458), 33
8 Claudio Dahruj/Rodrigo Sperafico (Corvette Z06R), 32 pontos
9 Matheus Stumpf/Valdeno Brito (Ford GT), 30
10 Vanue Faria/Renan Guerra (Lamborghini Gallardo LP560), 28
11 Bruno Garfinkel (Lamborghini Gallardo LP560), 24
12 Wagner Ebrahim (Dodge Viper Competition Coupe), 18
13 Ricardo Maurício (Lamborghini Gallardo LP560), 16
13 Henrique Assunção (Dodge Viper Competition Coupe), 16
15 Fernando Croce (Dodge Viper Competition Coupe), 14
16 Ricardo Castropil (Dodge Viper Competition Coupe), 13
17 Daniel Croce (Dodge Viper Competition Coupe), 10
18 Walter Derani/Antonio Pizzonia (Ferrari F430), 7
18 Ricardo Ricca/Rafael Daniel (Lamborghini Gallardo LP500), 7
20 Fernando Gomes Croce (Dodge Viper Competition Coupe), 4

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.