Gene Haas acredita que Austin ainda pode sobreviver na F1

Gene Haas

Gene Haas

Gene Haas está certo de que o circuito de Austin pode encontrar uma maneira de superar as dificuldades financeiras para manter o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. O Estado do Texas reduziu o subsídio anual para o evento de 25 para 19.5 milhões de dólares, depois das perdas financeiras do GP de 2015, ocorrido sob fortes chuvas.

“Há sempre essas preocupações, mas é uma bela pista, eles têm investido muito dinheiro, então eu não acho que eles vão perder tudo”, disse o novo chefe de equipe. “Ele (GP) traz muito dinheiro para a cidade de Austin em impostos”.

“Talvez haja mudanças financeiras, mas eu não posso imaginar por que eles não gostariam de ter um evento como esse. Não importa o que aconteça, é uma bela pista e vai sobreviver. Eu não posso imaginar aquela pista não sendo usada”, prosseguiu Haas, que acredita que a F1 seguirá na América do Norte mesmo que Austin se despeça.

“Eles falaram em ter um GP em Anaheim, na Califórnia, e em New Jersey. Nós temos GPs na Cidade do México e no Canadá. A questão é se haverá três ou quatro corridas na América do Norte, não vamos ficar sem corridas por lá”, concluiu ele.

Austin sediou quatro GPs de F1. No entanto, o evento previsto para 23 de outubro de 2016 está sob júdice no calendário, até que resolva ou não os problemas financeiros.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.