Ferrari pode vetar Wolff como CEO da F1

Toto Wolff

A Ferrari pode vetar a candidatura de Toto Wolff ao cargo de CEO da Fórmula 1.

Um relato no Racefans alegou que o chefe da Mercedes poderia estar sendo preparado para substituir Chase Carey, com os contratos de ambos terminando no final do próximo ano.

No entanto, de acordo com o jornalista Christian Sylt, a Ferrari pode estragar os planos.

“Um ponto fundamental que o Racefans esqueceu de mencionar é que a Ferrari pode influenciar quem é escolhido como chefe executivo da F1”, escreveu Sylt na Forbes.

O prospecto preliminar de oferta pública da F1 confirma isso, esclarecendo no Pacto de Concórdia que os proprietários da categoria “devem obter o consentimento escrito da Ferrari” antes de nomear um novo CEO.

O consentimento da Ferrari se aplica se o candidato “teve um cargo executivo ou uma participação acionária de 5% ou mais em alguma equipe” nos últimos cinco anos. Ambos se aplicam a Wolff, proprietário de 30% da equipe Mercedes.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.