F1 – Wolff: Progresso desde Spa foi chave na disputa ao título

Mercedes e Ferrari

Toto Wolff, da Mercedes, elogiou o “grande passo em frente” que a sua equipe de Fórmula 1 fez após o GP da Bélgica, acrescentando que isso foi a chave para os recentes ganhos de desempenho.

A convincente vitória da Ferrari sobre a Mercedes na Bélgica, em agosto, levou a sugestões de que a Scuderia se tornou claramente favorita na disputa pelo campeonato de 2018, devido à aparente vantagem sobre os atuais campeões mundiais.

Mas a Mercedes conquistou quatro vitórias seguidas desde Spa, incluindo desempenhos dominantes nas duas últimas rodadas na Rússia e no Japão, o que permitiu a Lewis Hamilton chegar à beira de selar o quinto título de pilotos.

“Nós fizemos um grande passo em frente desde Spa”, disse Wolff.

“Monza, Cingapura e agora aqui [Japão] estão três pistas muito diferentes, e nós tomamos como alvo nas três para provar a nós mesmos que somos capazes de entregar um carro em qualquer tipo de pista”.

“[Se é] a pista de alta velocidade de Monza; circuito sinuoso da cidade de Cingapura; e depois Suzuka, que tem um pouco de tudo. Eu acho que agora nós temos o carro em uma posição muito boa”.

“Entendemos como a aerodinâmica funciona com os pneus, os pilotos realmente se sentem bem e têm muita confiança no carro, e tudo isso juntos nos faz superar nossos concorrentes”.

A Mercedes ficou com quase 80 pontos de vantagem sobre a Ferrari depois de quatro vitórias consecutivas e está prestes a conquistar o quinto título consecutivo de pilotos e construtores desde que a era híbrida V6 começou em 2014.

Wolff disse que uma combinação de desenvolvimento, análise e pesquisa em um impulso fortalecido após sua derrota para a Ferrari estimulou a recente investida da Mercedes.

“É obviamente uma combinação de desenvolvimentos que estão em andamento e isso leva muito tempo, mas também encontra pistas”, explicou Wolff.

“Eu estava discutindo isso com os engenheiros sobre um e-mail que enviei depois de Spa, onde disse que não estamos desistindo, porque esse não é um campeonato que vamos perder”.

“Precisamos entender por que fomos superados. Por isso, é desenvolvimento, pesquisa, análise, mentalidade, ética de trabalho”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP dos EUA de Formula 1 no dia 21 deste mês!

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.