F1 – Wolff: Potência da UP Ferrari chega a ser “ridícula”

Charles Leclerc em Spa-Francorchamps

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, admitiu que seu motor não é páreo para a potência “ridícula” da Ferrari.

Charles Leclerc, da Ferrari, conseguiu uma pole position fácil para o GP da Bélgica no sábado, derrotando seu próprio companheiro de equipe por mais de sete décimos. Enquanto Lewis Hamilton perdeu por pouco o P2 para Sebastian Vettel depois que o alemão cometeu dois erros em sua volta rápida.

Wolff admitiu que a Mercedes é incapaz de igualar a velocidade da Ferrari em linha reta.

“Sabíamos que seria difícil e provavelmente o P3 e P4 eram o que esperávamos como o melhor resultado”, afirmou ele após a classificação. “Acho que poderia ter sido o segundo, mas temos um déficit para a Ferrari com o nosso pacote.”

“Esse déficit é enorme, já que potência da UP Ferrari chega ser ‘ridícula’ nesse tipo de pista. Você precisa fazer tudo certo e nós não fizemos.”

Wolff está se referindo à sua estratégia de classificação para dar vácuo um ao outro, que não conseguiu se materializar e quase viu Hamilton bater na traseira do companheiro de equipe Valtteri Bottas.

“É claro que sabemos que o vácuo é importante, mas hoje tropeçamos em nossos próprios pés”, acrescentou. “Você quer fazê-lo ainda mais perfeito e, então, parece um idiota e foi o que aconteceu duas vezes hoje”.

Wolff continua otimista sobre o ritmo de corrida e não descarta vencer a Ferrari no domingo.

“Acho que há tudo para jogar amanhã. Temos um carro de corrida forte e sabemos que eles (Ferrari) sofrem mais nas corridas, mas o frio provavelmente lhes dará uma vantagem.”

“A velocidade em linha reta não está disponível como na classificação, por isso é um jogo totalmente diferente hoje, mas ainda estou chateado com o sábado”.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.