F1 – Wolff: McLaren pode rivalizar com a Mercedes em 2021

McLaren e Mercedes

Toto Wolff, chefe da Mercedes, reconhece que existe um “risco” no fornecimento de motores à McLaren a partir de 2021 porque ela tem potencial para rivalizar com sua própria equipe.

A McLaren fechou um acordo para voltar a ser cliente da Mercedes depois que seu contrato atual com a Renault terminar no próximo ano, encerrando um período de seis temporadas de separação das duas antigas parceiras.

Desde que parou de usar motores Mercedes, a McLaren não conseguiu sequer um pódio e não vence desde 2012, mas Wolff acredita que o progresso da McLaren e as novas regras da Fórmula 1 em 2021 podem dar um desafio sério à Mercedes.

“Uma nova era vai começar em 2021 com grids comprimidos e mais competição, e nós acreditamos que, do ponto de vista da UP, podemos aprender mais com esse exercício, com mais clientes competitivas além das duas (Racing Point e Williams) que nós temos”.

“E nós consideramos a McLaren forte. Os passos que Zak (Brown, CEO) e Andreas (Seidl, chefe) iniciaram certamente parecem bastante promissores. As vantagens superam os potenciais déficits de lutar com uma competidora dura como a McLaren no futuro”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.