F1 – Wolff: Bottas precisa de uma abordagem “assassina”

Valtteri Bottas

Toto Wolff, da Mercedes, diz que Valtteri Bottas precisa de mais uma abordagem “assassina”, mas defendeu sua corrida no GP do Brasil.

Bottas perdeu sua vantagem de pole position de Interlagos para a Ferrari de Sebastian Vettel na largada e teve que se conformar com o segundo lugar.

No outro Mercedes, Lewis Hamilton largou do pitlane para chegar em quarto, apenas 2,7 segundos atrás de Bottas no final.

Embora Wolff rejeitasse as sugestões, que o desempenho de Hamilton mostrou que Bottas poderia ter superado Vettel, ele admitiu que havia uma disparidade entre seus pilotos.

“Eu acho que Lewis todo o ano foi à toda, e Valtteri se recuperou devagar, mas ainda precisa do instinto de um assassino”, disse Wolff. “Mas você não deve subestimar isso no trânsito contra os Ferraris, foi muito difícil”.

“Você pode ver isso no final, quando a Ferrari acertou o motor, não houve muita diferença entre os carros. Portanto, você não pode esperar uma ultrapassagem fácil”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.