F1 – Wolff admite que o futuro de Hockenheim é “sombrio”

Hockenheim

Toto Wolff admitiu que tanto Hockenheim como Barcelona vão “provavelmente” ficar ausentes do calendário de 2020.

Com Vietnã e Zandvoort prontas para sediar novas corridas, a Liberty Media diz que não quer expandir a programação para além de 21 corridas por enquanto. Isso significa que duas corridas atuais irão embora.

O chefe da Mercedes, Wolff, admite que o futuro do GP da Alemanha em Hockenheim parece “muito sombrio”. “2019 será provavelmente o último ano. A competição é forte e os promotores não têm meios para lutar para mantê-la”, afirmou.

Wolff, no entanto, apoia Liberty em não querer atualmente aumentar o número de corridas por ano, embora haja rumores de que a dona da F1 queira 25 GPs no futuro.

“Eu acho que a saturação é algo que precisa ser considerada”, acrescentou ele. “A Fórmula 1 é exclusiva e acrescentar mais corridas não é acrescentar ao fator de exclusividade”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.