F1 – Villeneuve: Williams está “morta” e não vai se recuperar

Williams

Jacques Villeneuve não acredita que sua ex-equipe Williams vai melhorar durante a temporada 2018 da Fórmula 1 e teme que ela esteja “morta”.

Ao ser questionado se prevê uma melhoria da Williams neste ano, o canadense, campeão mundial pela equipe em 1997, respondeu: “Não. A equipe está morta. Não há gerenciamento”.

“Houve uma escolha alguns anos atrás (em 2013), colocar a herdeira ou o herdeiro (no comando). E eles colocaram Claire ao invés de Jonathan. Grande erro. Isso é óbvio, veja a situação da equipe agora”.

Claire Williams assumiu o cargo de chefe no começo de 2013, e apesar da Williams ter marcado apenas cinco pontos e terminado em oitavo no campeonato de construtores daquela temporada, ela também anunciou um acordo de fornecimento de motores com a Mercedes para 2014.

Isso ajudou a Williams a conseguir nove pódios e uma pole position, saltando para terceiro no campeonato, seu melhor resultado desde o segundo lugar de 2003.

Ela repetiu o terceiro lugar em 2015 e ficou em quinto nas duas temporadas seguintes, mas Villeneuve acha que o “topo da pirâmide” está “completamente cego em relação à situação da equipe”.

“Você precisa admitir que está arruinado”, disse Villeneuve, que saiu da Williams um ano depois de conquistar o título. “Eu não sei como ela pode se recuperar. Simplesmente não vejo. Se você tem dois pilotos sem experiência, isso não vai ajudar. Não em uma equipe assim”.

Na opinião de Villeneuve, Sergey Sirotkin tem “sorte por estar na F1, mesmo sendo na pior equipe”, mas ele sugeriu que tem simpatia pelo russo e acrescentou: “Com Lance (Stroll), a família e a política, você não aprende nada”.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.