F1 – Vettel pede fim das reclamações sobre falta de ultrapassagens

Mercedes e Ferrari

Sebastian Vettel diz que aqueles que gritam pela falta de ultrapassagens devem se acalmar e aceitar que alguns GPs de Fórmula 1 serão monótonos. Nesta semana, dados divulgados pela Pirelli mostraram que a campanha de 2017 foi o pior para ultrapassagens na era do DRS.

A fornecedora de pneus da F1 registrou 435 ultrapassagens, o que representa uma queda de 49% nas 866 de 2016, quando houve mais uma corrida. “Desejo para o próximo ano que todos se acalmem”, disse Vettel, que terminou em segundo lugar na classificação de pilotos.

“Algumas corridas são chatas, então, fazer o quê? Não vejo problema nisso. Eu não acho que precisamos de outro recorde, outro registro a cada corrida, para ter mais disputas e ultrapassagens”, opinou o piloto da Ferrari.

“É verdade que (a dificuldade em) ultrapassar às vezes, especialmente se você está atrás, está rápido e não consegue passar por essas razões, irrita você. Mas, novamente, se você fizer o movimento, há uma recompensa maciça dentro do carro, às vezes fora do carro”, prosseguiu.

“O que eu quero dizer é que a ultrapassagem deve ser uma conquista e não ser entregue a você. Às vezes, relaxe, acalme-se e aceite uma corrida chata ou duas seguidas, haverá uma ótima corrida depois disso e mais outra”, explicou o alemão.

Após as mudanças dramáticas nos regulamentos aerodinâmicos da F1, os pilotos acharam mais difícil em certos circuitos seguir outros carros e chegar perto o suficiente para passar. “Eu acho que Seb está certo de alguma forma, é assim como é e é assim que são apresentadas algumas pistas”, afirmou Daniel Ricciardo, da Red Bull.

“Eu acho que os carros mais largos parecem ótimos e nos deram mais força e aderência, mas quando eles ocupam mais espaço na pista, você tem menos ar limpo para tentar encontrar, então torna mais difícil acompanhar (o outro carro)”, completou.

“Pelo lado das corridas, espero avançar, a ultrapassagem ficaria mais fácil. Não mais fácil, mas poder seguir um ao outro é realmente do que o esporte precisa. Quanto mais se ultrapassa, mais divertido é para as pessoas assistirem”, concluiu Lewis Hamilton (Mercedes).

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.