F1 – Vettel é punido e perde vitória para Hamilton no Canadá

Sebastian Vettel e Lewis Hamilton

Sebastian Vettel e a Ferrari perderam uma primeira vitória na temporada 2019 da Fórmula 1 depois que uma punição de cinco segundos deu o primeiro lugar a Lewis Hamilton no GP do Canadá.

Vettel liderou a maior parte da corrida em Montreal, mas caiu para segundo após receber uma penalização por escapar na primeira chicane e quase colidir com Hamilton ao retornar à pista.

Isso deu a Hamilton seu quinto triunfo na temporada e manteve a hegemonia da Mercedes após sete etapas. Vettel teve uma vantagem suficiente para manter a segunda posição, com seu companheiro de equipe Charles Leclerc completando o pódio.

O polêmico incidente ocorreu na volta 48. Bastante pressionado por Hamilton, Vettel foi para a grama na primeira chicane depois de dar uma ligeira escapada de traseira na entrada.

O alemão voltou à pista exatamente quando Hamilton tentou se colocar no espaço entre a Ferrari e o muro da saída da curva. O britânico tirou o pé para evitar uma colisão e Vettel manteve a liderança, mas foi punido após uma longa investigação dos comissários.

Vettel nunca chegou perto de construir uma diferença grande o suficiente para cancelar a penalização e reclamou que os comissários estavam “roubando a corrida” da Ferrari. Hamilton recebeu a bandeira quadriculada 1.4s atrás, o que se transformou em uma vantagem de 3.6s.

Leclerc ficou um segundo atrás de Vettel no resultado oficial, com o primeiro pódio duplo da Ferrari na temporada sendo um escasso consolo para a equipe italiana.

Valtteri Bottas terminou em um distante quarto lugar, a primeira vez que um piloto da Mercedes ficou fora do pódio em 2019. Ele marcou o ponto de bônus pela volta mais rápida depois de abrir uma diferença suficiente para fazer um pit-stop extra sem perder nenhuma posição no final.

Max Verstappen, da Red Bull, subiu do nono lugar no grid para quinto, tendo feito um primeiro stint longo com os pneus duros e passando as Renaults de Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg após colocar os médios no fim.

Ricciardo suportou a pressão de Hulkenberg nas últimas voltas para chegar em sexto, enquanto Pierre Gasly (Red Bull) foi apenas o oitavo depois de largar em quinto.

Lance Stroll (Racing Point) marcou dois pontos em sua corrida em casa com a nona colocação, apesar de ter usado um motor de especificação mais antiga devido a uma quebra no TL3. Daniil Kvyat (Toro Rosso) completou os 10 primeiros.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Lewis Hamilton Mercedes 70 1h29m07.084s
2 Sebastian Vettel Ferrari 70 3.658s
3 Charles Leclerc Ferrari 70 4.696s
4 Valtteri Bottas Mercedes 70 51.043s
5 Max Verstappen Red Bull/Honda 70 57.655s
6 Daniel Ricciardo Renault 69 1 volta
7 Nico Hulkenberg Renault 69 1 volta
8 Pierre Gasly Red Bull/Honda 69 1 volta
9 Lance Stroll Racing Point/Mercedes 69 1 volta
10 Daniil Kvyat Toro Rosso/Honda 69 1 volta
11 Carlos Sainz Jr. McLaren/Renault 69 1 volta
12 Sergio Perez Racing Point/Mercedes 69 1 volta
13 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo/Ferrari 69 1 volta
14 Romain Grosjean Haas/Ferrari 69 1 volta
15 Kimi Raikkonen Alfa Romeo/Ferrari 69 1 volta
16 George Russell Williams/Mercedes 68 2 voltas
17 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 68 2 voltas
18 Robert Kubica Williams/Mercedes 67 3 voltas
19 Alexander Albon Toro Rosso/Honda 59 abandono
20 Lando Norris McLaren/Renault 8 freios

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.