F1 – Vandoorne não sente pressão sobre o futuro na McLaren

Stoffel Vandoorne

Stoffel Vandoorne diz que não se sente sob qualquer pressão em relação ao seu futuro com a McLaren na Fórmula 1, e estaria pronto para liderar a equipe se Fernando Alonso sair no final da temporada.

Vandoorne chegou à F1 em tempo integral em 2017 após uma bem sucedida carreira júnior que o levou a vencer o título da GP2 em 2015 e também a vencer corridas na Super Fórmula, mas o belga tem lutado para repetir o feito nas duas últimas temporadas.

Vandoorne não terminou mais alto que oitavo neste ano, marcando apenas oito pontos nas sete primeiras corridas. Em comparação, Alonso somou 32 pontos no mesmo período e superou a classificação de Vandoorne em todas as rodadas até o momento em 2018.

Com o atual piloto de Fórmula 2, Lando Norris, tentando garantir uma vaga na McLaren para a próxima temporada, os especialistas questionaram o futuro de Vandoorne com a equipe, mas ele ressaltou que não está preocupado com sua posição.

“Não sinto nenhuma pressão. Os resultados deste ano foram positivos”, disse Vandoorne ao site Crash.net no Canadá. “No momento não há muito mais que eu possa fazer além de dirigir no meu melhor e tentar aproveitar ao máximo o que temos”.

“Acho que, de certa forma, isso me fortaleceu muito para tentar lidar com certos problemas, participar de um fim de semana diferente e tentar maximizar tudo o que você tem, mesmo que o carro que conhecemos não seja sempre capaz de pontuar”.

“Ainda tentar extrair o máximo disso não é de graça. É uma mentalidade diferente, mas me fez um piloto mais forte”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.