F1 – Três partes estão interessadas em comprar Interlagos

Interlagos

A cidade de São Paulo está em discussões com três partes interessadas em comprar o circuito de Interlagos. A pressão sobre os fundos públicos, em meio a um clima econômico incerto no Brasil, levou a uma proposta para levantar dinheiro através da privatização de imóveis, incluindo o circuito, de propriedade da cidade.

Acredita-se que as três partes interessadas sejam uma mistura de grupos brasileiros e internacionais, com o chefe da Fórmula 1 Bernie Ecclestone ainda estando interessado em fazer uma oferta. O concurso para a venda do circuito incluirá uma cláusula que torne responsabilidade do comprador garantir a corrida a longo prazo.

Interlagos tem um acordo para sediar a F1 até 2020, embora o seu futuro no calendário tenha sido questionado devido ao lento progresso do programa de redesenvolvimento. “É um processo contínuo”, disse o promotor da corrida, Tamas Rohonyi, ao site Autosport sobre as atualizações no local.

“O governo municipal continua trabalhando no circuito. A fase atual de redesenvolvimento começou há três anos e se estenderá no próximo ano, com as novas garagens a serem construídas antes da corrida do próximo ano”, prosseguiu.

Os organizadores dizem que o evento deste ano está perto de uma venda total de ingressos, com o comparecimento sendo o mais alto em cinco anos, e Rohonyi está interessado em prolongar a estadia da F1 em Interlagos.

“Nós gostaríamos de manter a corrida além de 2020”, confirmou ele. “Temos o interesse, estamos perto de estar cheios neste ano. Mas depende dos termos do contrato”.

Quando perguntado se ele estava preocupado se haveria uma queda de público quando o único brasileiro no grid (Felipe Massa) se aposentar no final do ano, Rohonyi respondeu: “Não. O povo brasileiro vem porque eles amam as corridas. Adoram a F1 e querem ver os maiores pilotos. Querem contar histórias para contar seus netos”.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.