F1 – Tempos interessantes que se aproximam para a Renault

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo diz que a Renault está mostrando “sinais encorajadores” no final de sua difícil primeira temporada desde que deixou a Red Bull.

O australiano insiste que não se arrepende de ter deixado a equipe de Max Verstappen para se juntar à Renault, que está lutando para manter o quinto lugar no campeonato de construtores na final de Abu Dhabi.

“Não foi um fracasso”, Ricciardo disse ao Ziggo Sport quando perguntado sobre a Renault de 2019, “mas não conseguimos o que queríamos alcançar. Queríamos ser os melhores do resto, mas foi a McLaren”.

Ricciardo admitiu que a Renault “deve” ficar em quinto, pelo menos, o que está causando algum “estresse” para a equipe de fábrica francesa em Abu Dhabi. “Eu mesmo, estou em nono lugar no campeonato e se estou em oitavo, nono ou décimo não vai me fazer perder o sono”.

“Eu também não vou deixar minha cabeça cair. Vejo sinais encorajadores que me dão grande esperança para o próximo ano”, acrescentou.

O companheiro de Ricciardo, o veterano alemão Nico Hulkenberg, perdeu seu lugar com a Renault para 2020 e vai sair da Fórmula 1 por enquanto. Quando perguntado sobre o progresso da Renault, ele disse em Abu Dhabi: “A equipe teve que superar muitas dificuldades este ano”.

“Muita coisa vai mudar em 2021, mas antes disso a equipe deve subir no campeonato dos construtores. Não quero dizer que a equipe deu um passo atrás nesta temporada, mas é verdade que não conseguimos os resultados pelos quais estávamos lutando”, prosseguiu.

“Há tempos interessantes pela frente para a equipe e desejo-lhes as maiores felicidades”, finalizou Hulkenberg.

Clique AQUI para apostar no GP de Abu Dhabi

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.