F1 – Steiner: Dificuldades de Mônaco não se repetirão na Hungria

Haas

O chefe da Haas, Guenther Steiner, acredita que as recentes atualizações da equipe norte-americana devem evitar qualquer queda no desempenho de seu chassi VF-18 no traçado estreito e sinuoso de Hungaroring.

O local do próximo fim de semana oferece algumas características comuns ao circuito de baixa velocidade de Mônaco, onde tanto Kevin Magnussen como Romain Grosjean lutaram drasticamente em maio.

O ritmo e a aderência da Haas eram escassos em Mônaco, mas as revisões de design desde então para o carro da equipe devem manter os seus pilotos no meio da batalha do pelotão intermediário na Hungria.

“Eu nunca fui derrotado para uma corrida”, disse Steiner. “Nós sabemos o que aconteceu em Monte Carlo. Analisamos isso e sabemos onde erramos”.

“Sabemos as razões, e elas não acontecerão nesta corrida. Podemos não ser tão bons quanto nas pistas de alta velocidade, mas não acho que seremos muito ruins”.

“Sabíamos o que deu errado nas corridas onde não nos saímos bem”.

Não houve falta de preparação insiste Steiner, que está confiante de que Haas está agora em posição para oferecer um forte desempenho em todos os circuitos.

“Temos muitas pessoas talentosas que podem analisar tudo isso e fazer melhor. Quanto melhor podemos fazer, não sei”, diz ele.

“Com certeza, não estamos indo derrotados, dizendo que não podemos conseguir nada aqui”.

“Nosso carro e nossos pilotos são bons o suficiente para obter bons resultados em todas as pistas. Algumas são melhores que outras, mas nada será tão ruim quanto Monte Carlo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.