F1 – Silverstone continua se preocupando com GP de Londres

Largada em Silverstone 2017

Mesmo com um novo contrato de cinco anos assinado com Silverstone, a Liberty Media não descarta uma corrida de Fórmula 1 em Londres. Os proprietários da F1 e de Silverstone (BRDC) terminaram com meses de especulação ao anunciar que o GP Britânico vai ficar no calendário pelo menos até 2024.

“Nós sempre dissemos que, se quisermos ter um futuro a longo prazo, nosso esporte deve preservar seus locais históricos”, disse o CEO da F1, Chase Carey. O presidente do BRDC, John Grant, concordou que a perda de Silverstone “teria sido desastrosa” para a Fórmula 1.

E, no entanto, a Liberty está mantendo a opção de Londres em aberto. “As negociações com Londres continuam”, declarou Carey em Silverstone na quarta-feira.

A Liberty manter seus olhos em Londres é obviamente uma preocupação para Silverstone, com Grant sugerindo que isso foi colocado no novo acordo de GP britânico. “Se isso entregar um novo público para a Fórmula 1, isso é bom. Nós não nos opomos a isso, mas apoiamos totalmente a Liberty”, comentou Grant.

Mas ele também disse que está “preocupado” que outra corrida britânica possa ter consequências financeiras para Silverstone. “Tivemos uma discussão muito aberta com os nossos amigos da Fórmula 1 sobre este ponto, e eles compreendem as nossas preocupações”, explicou Grant.

“Como resultado, chegamos a um conjunto de acordos que protegem nossos interesses no caso de certos eventos se tornarem realidade”, finalizou ele.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.