F1 – Sauber diz que Wehrlein não teve culpa pela penalidade

Pascal Wehrlein

Pascal Wehrlein

A Sauber diz que uma chamada tardia aos boxes de Pascal Wehrlein durante o período de carro de segurança virtual no GP da Espanha criou as circunstâncias que levaram a sua penalização.

Wehrlein fez uma deslumbrante pilotagem em uma estratégia de uma única parada para terminar em sétimo lugar em Barcelona, tendo começado a corrida com o pneu macio.

Largando em 15º no grid, ele estava em sétimo lugar na volta 33, quando o carro de segurança virtual foi acionado após a colisão de Stoffel Vandoorne com Felipe Massa.

No entanto, Wehrlein já estava na última chicane quando recebeu a chamada da Sauber para os boxes, não conseguindo ficar do lado correto de entrada do pitlane, e sofrendo uma penalidade de tempo de cinco segundos.

Isso significou que ele perdeu o sétimo lugar para Carlos Sainz, mas uma última explosão de velocidade ajudou a garantir que Wehrlein não perdesse os primeiros pontos da Sauber de 2017 com sua melhor posição da carreira.

“Foi uma excelente condução”, disse Monisha Kaltenborn à Autosport. “Foi triste que a chamada tenha sido feita tão tarde o que fez receber essa punição, mas isso não importa”.

“Ele teve uma fração de segundo, a chamada só chegou um pouco tarde demais, mas ele ainda pôde reagir. Mas não devemos chorar sobre o que poderia ter sido – estamos felizes com o que temos”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.