F1 – Sainz solidário com filho de famoso Mick Schumacher

Mick Schumacher

Carlos Sainz diz que entende como é ter o peso do nome de um famoso piloto de corrida seguindo sua carreira.

O espanhol tem empatia por Mick Schumacher, que recebeu muita atenção da mídia ao longo de sua carreira, que atingiu o pico no Bahrain, onde ele fez sua estreia na Fórmula 2 e seu primeiro teste de Fórmula 1.

O pai de Sainz é duas vezes campeão do World Rally Championship, enquanto Mick é filho do heptacampeão mundial de F1 Michael Schumacher.

Sainz diz que aprendeu a aceitar a pressão que veio com seu nome, admitindo que às vezes era difícil.

“Quando eu estava no kart, especialmente, eu senti que muitas pessoas estavam olhando para mim e meus resultados e do jeito que eu estava indo”, disse ele. “Muitas crianças, pilotos de corrida estavam apenas focando um pouco mais em mim por ser ‘o filho de’”.

“É algo que acabei aceitando e me acostumei. Embora na época fosse difícil. Eu apenas tentei tirar os pontos positivos disso. Ter um bicampeão mundial como pai me tornou um piloto melhor hoje”.

“Eu acho que [Mick Schumacher] está recebendo muita atenção nessas últimas semanas por causa do teste de F1 e é por isso que eu sinto por ele. Mas às vezes a atenção da mídia também não é ruim. Eu acho que ele está em um bom lugar agora”.

Sainz acrescentou que aprendeu cedo em sua carreira que deve ser mais agressivo para vencer, o que se deve à constatação de que seus rivais queriam vencê-lo por causa de seu nome.

“As crianças às vezes são um pouco malvadas. Você quer bater esse cara, eu quero bater no filho de Carlos Sainz mais do que qualquer outro porque talvez seu pai esteja assistindo ou mais pessoas estão assistindo. Quando eu era criança, definitivamente isso era uma coisa que eu não gostava”.

“Até que meu pai me disse: ‘ou você luta ou é espancado’, quando eu percebi que precisava começar a lutar um pouco mais, senão vou ser espancado com muita frequência”.

“De repente, comecei a ser um pouco mais agressivo e comecei a ganhar um pouco mais de respeito porque não sabia que estava sendo um pouco bom demais, talvez um pouco amigável demais com todos, apenas querendo a aprovação de todos. Comecei a ser um pouco mais agressivo e isso foi melhor, definitivamente”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.