F1 – Sainz: Pneus tornaram o carro indirigível na Áustria

Carlos Sainz

Carlos Sainz diz que seu Renault estava “indirigível” na maior parte do GP da Áustria de Fórmula 1, depois de enfrentar grandes problemas com bolhas.

O RS18 da Renault mostrou uma tendência a ser duro com os pneus nesta temporada e, embora outros pilotos também tiveram que enfrentar bolhas durante a corrida de domingo, Sainz sofreu mais do que qualquer outra pessoa.

Um safety car virtual permitiu que ele trocasse seus ultra macios após 15 voltas, mas depois de apenas 19 voltas nos macios ele fez uma segunda parada não programada para usar os super macios, que ele correu até o final.

“Infelizmente nossas bolhas chegaram na quinta volta de cada composto, com exceção do super macio”, disse Sainz, que terminou em 12º, ao site Autosport.

“Parecíamos um dos carros mais rápidos do meio-campo, atrás da Haas e da Force India. Colocamos o macio, mas depois de cinco voltas, perdemos desempenho”.

“É algo que precisamos analisar, porque o carro estava indirigível por 55 das 70 voltas da corrida”.

“Estava vibrando em todos os lugares, eu não conseguia ver os pontos de frenagem, nem conseguia girar o volante. É algo para entender e analisar”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.