F1 – Sainz pede que a Renault melhore a confiabilidade

Carlos Sainz

Carlos Sainz apoiou os esforços da Renault para melhorar a confiabilidade da sua unidade de potência. A Renault, fornecendo motores não apenas para sua própria equipe de trabalho, mas também para a cliente McLaren, deu um grande passo em frente com sua unidade de 2019.

Mas o piloto Nico Hulkenberg, por exemplo, teve que ter não só o seu motor de combustão, mas também o turbo e o MGU-H substituídos depois do Bahrain.

Questionado se é um “mau sintoma” do salto de desempenho para 2019, o piloto da McLaren, Sainz, disse: “É um mau sintoma, é verdade, mas temos de felicitar a Renault pelo salto de desempenho”.

“Temos três ou quatro décimos a mais em relação ao ano passado e isso é muito apreciado”, afirmou ele ao jornal AS. “Mas se você não terminar a corrida, mais desempenho não lhe fará bem, então esperamos que eles resolvam os problemas de confiabilidade em breve e que possamos começar a aproveitar os cavalos extras”.

O espanhol admite que a vantagem em relação ao motor Renault do ano passado é de cerca de 10 km/h na reta. “Sim, eu estava cansado de competir na F1 com um carro com 10 ou 12 km/h a menos na reta e sempre me defendendo ou tentando não ser ultrapassado”, acrescentou Sainz.

“Embora nos tenha custado um pouco de confiabilidade, prefiro mais potência e velocidade máxima, mas uma equipe como a Renault deve tentar alcançar ambos”, finalizou o piloto da McLaren.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.