F1 – Russell: Patrick Head é exatamente do que a Williams precisa

Robert Kubica

A Williams, atingida pela crise, está mais uma vez trabalhando com Sir Patrick Head. Após um período rigoroso de inverno e abertura de temporada na Austrália, os problemas da outrora grande equipe britânica se aprofundaram no Bahrain, em meio à escassez de peças de reposição.

E Robert Kubica está fora do ritmo do seu colega de equipe principiante George Russell. “Podemos ver que, apesar de ter a mesma configuração, o comportamento dos dois carros é diferente”, disse Kubica no Bahrain.

“Na Austrália, tinha a certeza de que era por causa do assoalho partido. Mas aqui a diferença ainda é muito grande. Estamos tentando encontrar a resposta”, prosseguiu.

Preparado para ajudar a Williams a sair de sua profunda crise está Patrick Head. Agora com 72 anos, Head foi recrutado para a equipe pelo co-fundador Sir Frank Williams no final dos anos 70, e foi a chave para o domínio técnico da equipe nos anos 80 e 90. Ele deixou a Williams em 2012.

Mas a equipe de Oxfordshire declarou: “Podemos confirmar que Sir Patrick Head está atualmente oferecendo algum apoio à nossa equipe de engenharia numa base de consultoria a curto prazo”.

Russell chama isso de “grande notícia”. “Ele será apenas um consultor, mas a presença de uma pessoa com um caráter tão forte pode ser exatamente o que precisamos no momento. Ele é um excelente engenheiro e o seu sucesso fala por si. Ele não precisa de um emprego em tempo integral, mas faz parte da Williams e quer ajudar”, acrescentou.

Kubica concluiu: “É ótimo se ele puder nos ajudar. Vamos ver”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.