F1 – Rivais podem protestar contra a bateria da Ferrari

Ferrari

Uma ameaça de protesto pode ofuscar o GP de Mônaco do próximo fim de semana.

Neste ano, já houve alegações de que a Ferrari está forçando os limites da legalidade no que diz respeito ao consumo de óleo e aos retrovisores de seu carro de 2018.

Agora, os rivais estão pensando em fazer protestos oficiais contra a bateria da Ferrari na próxima etapa em Mônaco, de acordo com a Auto Motor und Sport.

O relato alegou que a Ferrari pode estar obtendo mais do que os quatro megajoules permitidos de energia de sua bateria evitando um sensor, o que se traduz em 20 hp.

“O suposto truque é tão complicado que os engenheiros da FIA estão tendo dificuldades para entendê-lo”, afirmou o correspondente Michael Schmidt.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.