F1 – Rivais pensaram que a Toro Rosso era louca pela união com a Honda

Franz Tost

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost, disse que equipes rivais lhe disseram que ele era “louco” por assinar um contrato com a Honda para a temporada de 2018. A fabricante japonesa tornou-se fornecedor de motores da Toro Rosso após uma parceria fracassada com a McLaren.

As duas desfrutaram de uma parceria de sucesso, com a equipe sênior Red Bull tomando a decisão de fazer uma dupla com a Honda em 2019. A STR marcou o melhor resultado com o quarto lugar no GP do Bahrain, com Pierre Gasly.

Mas Tost diz que as equipes de Fórmula 1 o rotularam de louco por concordar em contratar unidades de potência da Honda: “A Honda foi um destaque para nós. Você se lembra do ano passado, nesta fase, o que outras equipes disseram sobre a Honda ”, disse Tost.

“Eu lembro de conhecer algumas pessoas aqui e elas disseram ‘você deve ser totalmente louco, nós desejamos a você tudo de melhor para o próximo ano’. Eu disse ‘sim, teremos uma boa temporada, você verá, estaremos à sua frente’”.

“Eles pensaram que talvez eu seja totalmente louco, mas eu estava convencido de que a Honda é a decisão certa a seguir”.

A Red Bull afirmou que o desenvolvimento da Honda ao longo da temporada de 2018 levou-a para a frente e para além da Renault este ano. Mas Tost afirma que o desenvolvimento começou de um nível mais alto do que o esperado.

“O motor da Honda no ano passado já era muito melhor do que outras pessoas disseram. Durante os meses de inverno, a Honda e a Toro Rosso trabalharam duro, estávamos nos dinamômetros de Milton Keynes e de Sakura”.

“Houve uma cooperação muito estreita e a Honda pôde melhorar a confiabilidade e o desempenho”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.