F1 – Ricciardo pensou em não correr após tragédia de sábado

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo admitiu que não queria correr após a trágica morte de Anthoine Hubert na corrida de sábado da Fórmula 2.

“Estou feliz pela prova de hoje ter acabado”, declarou Ricciardo ao site Motorsport.com. “Eu sei que, por mais estranho que pareça, correr é a melhor maneira de mostrar respeito, mas acho que nenhum de nós realmente queria estar aqui correndo. Apesar de eu estar falando apenas por mim agora, posso imaginar que não sou o único que se sente assim”.

“Foi extremamente duro ser corajoso aqui e manter todos assistindo. Conheço muitas pessoas no paddock que ainda estão sofrendo depois de ontem. Acho que todos estão aliviados por ter acabado, agora podemos virar a página e espero que seja a última vez que algo assim acontece”.

“Eu pensei bastante em não correr no sábado à noite. A questão é: isso realmente vale a pena? É claro. No fim das contas, é uma questão simples, mas também honesta. Este é o nosso trabalho e o risco faz parte dele. Ao mesmo tempo, nós só ficamos dando voltas em carros…”.

“Para ser honesto: ver a família dele aqui hoje me deu bastante força. Tirar o meu boné não vai compensar aquele gesto. Eu não sei o que dizer em relação a isso, estar na posição deles é inacreditável. Sinto que eles foram muito mais fortes do que todos nós”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.