F1 – Renault esperava batalha com a McLaren em 2018

McLaren e Renault

A Renault ficou surpresa com o fato de sua maior rival na Fórmula 1 em 2018 ter sido a Haas ao invés da McLaren.

Quando a McLaren fechou um acordo para trocar os motores Honda pelos Renault em 2018, muitos esperavam que a organização baseada em Woking lutasse por pódios e até mesmo vitórias.

Entretanto, um problema aerodinâmico fundamental com o MCL33 prejudicou o desempenho da equipe. Isso abriu a porta para a Haas emergir como uma das surpresas do ano, com a equipe norte-americana batalhando com a Renault pelo posto de melhor do resto atrás das três grandes.

Refletindo sobre 2018, Cyril Abiteboul, diretor de gerenciamento da Renault, declarou ao site Autosport: “Francamente, houve algumas surpresas e frustrações. Fiquei um pouco surpreso por termos lutado contra a Haas durante a maior parte da temporada quando eu esperava que fosse contra a McLaren”.

“Vamos lembrar que quando anunciamos a McLaren no ano passado todos me disseram ‘você está louco, será batido por seus clientes’. Quase fomos batidos por uma equipe bastante jovem, ainda mais jovem do que nós, com uma configuração bem diferente”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.