F1 rejeita adiamento das novas regras para 2022

Fórmula 1

A Fórmula 1 rejeitou uma proposta para adiar a introdução das novas regras de 2021 para 2022.

A próxima quinta-feira é o prazo já adiado para a publicação das regras de 2021, que devem incluir carros radicalmente diferentes e um teto orçamentário.

Entretanto, há temores de que, na preparação para 2021 sem nenhuma restrição do teto orçamentário, as grandes equipes gastem quantias absurdas em 2020.

“Acho que, em retrospecto, seria melhor trazer o teto primeiro em 2021 e então dar mais tempo para desenvolver o regulamento e implementá-lo em 2022”, declarou Christian Horner, chefe da Red Bull, no México.

Ele está preocupado com o risco de 2020 ser “um ano muito caro” que vai “criar uma diferença maior” entre as equipes grandes e pequenas.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, apoiou a proposta “lógica” de Horner. Porém, ele disse: “Isso não estimulou apetite suficiente entre aqueles que decidem”.

Portanto, Wolff acha que a FIA e a Liberty Media ainda estão dentro do cronograma para publicar o regulamento completo de 2021 na próxima semana.

“Eu não creio que esse regulamento será detido. Foi deixado bem claro que ele será publicado. Haverá ajustes e mudanças nos detalhes e interpretações, mas, em geral, acho que isso vai seguir em frente”.

Clique AQUI para apostar no GP do México

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.