F1 – Red Bull: Verstappen foi “reservado” na perseguição a Hamilton

Lewis Hamilton e Max Verstappen

Christian Horner, chefe da Red Bull, diz que Max Verstappen foi “realmente reservado” em sua perseguição ao vencedor do GP de Mônaco, Lewis Hamilton, mas também “lutou como um leão”.

“Eu achei que ele foi realmente reservado – estava se preparando, se preparando”, declarou Horner. “Aquela foi realmente a única grande chance que ele teve e ele tentou aproveitar, o que é típico de Max”.

Horner admitiu que a punição de cinco segundos pelo toque com Valtteri Bottas nos boxes que acabou custando duas posições para Verstappen foi dura demais.

“Infelizmente, houve um toque nos pits e Max recebeu a punição”, disse Horner. “É duro para ele porque foi uma grande corrida, ele pilotou com todo o seu coração, mas o quarto lugar é um pouco amargo após uma pilotagem tão incrível”.

“Porém, assim são as coisas, os comissários tomaram uma decisão que consideraram justa e nós precisamos aceitar isso. Sua única chance era passar Hamilton e abrir os cinco segundos. Ele merecia subir ao pódio hoje”.

“O encorajador é que o desempenho está lá, ele estava forçando sem parar. Ele lutou como um leão, tentou fazer a ultrapassagem sobre Lewis e era um risco que valia a pena”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.