F1 – Quadriculada antecipada em Suzuka foi “erro do sistema”

GP do Japão 2019 – Bandeira quadriculada

Michael Masi, diretor de prova da Fórmula 1, diz que um “erro do sistema” foi o culpado pelo painel luminoso da bandeira quadriculada ter aparecido antes da hora no GP do Japão.

O sinal digital foi mostrado ao vencedor Valtteri Bottas após 52 das 53 voltas programadas em Suzuka.

De acordo com as regras da F1, isso obrigou a corrida a ser concluída naquele ponto, apesar dos pilotos terem continuado e completado a distância completa.

O uso do painel luminoso para encerrar a prova foi introduzido no começo deste ano a fim de evitar situações que ocorreram em outros eventos onde a bandeira quadriculada foi agitada no momento errado.

Isso aconteceu no GP do Canadá de 2018, quando a modelo Winnie Harlow deu a bandeirada depois que 69 das 70 voltas haviam sido percorridas.

Masi afirmou que a análise inicial do ocorrido apontou um erro do sistema, mas os detalhes exatos ainda não foram identificados.

“Pelo que nós vimos, é um erro do sistema”, declarou ele. “É uma coisa que temos de investigar. Não vou antecipar o que é, foi ou não foi. Foi um erro do sistema”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.