F1 – Prost: Renault visa ganho de performance e não apenas resultados

Renault

O assessor da Renault F1, Alain Prost, disse que a fabricante francesa continuará seu foco em desenvolvimento de carros e ganhos de desempenho ao invés de apenas escalar o campeonato mundial de construtores da Fórmula 1 na próxima temporada. A equipe ficou em sexto lugar em 2017.

“Eu sempre disse que seria mais lento (o desenvolvimento) do que as pessoas pensam, talvez mais lento, talvez melhor, mas você não quer ir (mais alto) porque não tem sentido”, disse Prost ao Sky Sports F1. “Você pode ver no lado do motor neste ano, melhoramos, mas talvez ninguém tenha visto isso – foi melhor do que pensávamos”.

“Quando você melhora demais, você pode ter um problema de confiabilidade. Não foi o mesmo no lado do chassi, mas adquirimos muitas pessoas, especialmente no lado da aerodinâmica, para dar o máximo, na minha opinião, não no próximo ano, mas em dois anos”, estima o francês.

“No próximo ano, o objetivo é fazer outra grande progressão e não apenas em termos de ranking, porque você ainda pode terminar em quarto lugar e ser dois segundos por volta mais lento do que Mercedes e Ferrari. Isso não seria positivo, então precisamos pegá-los”, explicou o tetracampeão.

A Renault deixou a F1 no final de 2011 como equipe própria, mas seguiu fornecendo motores até retornar em 2016. Foi nono lugar em seu primeiro campeonato, e agora pulou para sexto. A fabricante investiu fortemente em sua infraestrutura na F1, com um aumento no recrutamento de pessoal e desenvolvimentos de construção em sua sede em Enstone.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.