F1 – Preview dos pneus: Grande Prêmio de Mônaco

O novo composto P Zero Rosa hipermacio, que nos testes se mostrou cerca de um segundo por volta mais rápido que o ultramacio, faz sua estreia em competições em Mônaco. Junto ao hipermacio, os outros dois pneus mais macios da gama Fórmula 1 da Pirelli serão utilizados: o ultramacio e o supermacio. Como Mônaco requer um alto nível de aderência mecânica, mas é a pista que exerce menos estresse sobre os pneus ao longo de todo o ano, o prestigiado circuito de rua é o território ideal para os mais macios e velozes pneus de Fórmula 1 disponíveis.

O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DO PNEU

A chave em Mônaco é gerar o máximo possível de aderência dos pneus e de pressão aerodinâmica. O circuito tem a volta mais curta e mais lenta do ano, sendo o hairpin a curva mais lenta.

Como se trata de uma pista de rua aberta para o tráfego normal fora das sessões, e com um dia de folga na sexta-feira, a superfície frequentemente está “verde” e escorregadia, com um padrão variável de evolução.

Mônaco foi quase sempre uma corrida de apenas uma parada em circunstâncias normais. Resta saber se a utilização do novo hipermacio mudará essa tendência.

Os índices de uso e degradação são geralmente os mais baixos do ano. É uma pista tranquila para os pneus.

É um dos circuitos com mais dificuldades para ultrapassagens, então o Classificatório é muito importante. Também há um risco consideravelmente alto de entrada de safety car, o que obviamente pode afetar a estratégia de corrida.

O clima pode variar nessa época do ano. Correr em Mônaco com pista molhada é um dos maiores desafios da f1.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: “Testamos o hipermacio em Abu Dhabi e em Barcelona. Desses dois circuitos, Abu Dhabi é mais comparável a Mônaco. Lá, o hipermacio foi cerca de um segundo por volta mais rápido que o ultramacio, então poderemos ver mais quebras de recorde neste fim de semana. Não obstante, o hipermacio é definitivamente mais um pneu de corrida do que um de classificação, então será interessante ver como ele se adapta as exigências únicas de Mônaco, e que efeito isso terá na estratégia. Coletar o máximo possível de dados nas sessões de treino livre será particularmente importante. Os pilotos selecionaram entre oito e 11 jogos do hipermacio, então deveremos vê-lo bastante na pita ao longo do fim de semana, desde que não chova.

O QUE HÁ DE NOVO 

O pneu Rosa ultramacio faz sua estreia exatamente dois anos depois da primeira aparição do Roxo ultramacio, também em Mônaco. Ambos foram nomeados por torcedores nas mídias sociais.

Há alguns novos prédios de dois andares no pit, deixando a vida dos mecânicos mais fácil.  

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.