F1 – Piero Ferrari: Fãs suspeitam de tratamento injusto

Piero Ferrari

Piero Ferrari, vice-presidente da companhia de Maranello, admitiu sua preocupação com os eventos recentes envolvendo a equipe de Fórmula 1.

No Canadá, Sebastian Vettel perdeu sua vitória devido a uma punição de tempo e a Ferrari perdeu uma “revisão” da controversa decisão duas semanas depois.

Na Áustria, a Ferrari e outras quatro equipes não conseguiram aprovar o retorno dos pneus de 2018. Na corrida, Max Verstappen não foi penalizado pela controversa ultrapassagem sobre Charles Leclerc na batalha pela vitória.

Michael Masi, diretor de prova da FIA, defendeu a última decisão, dizendo que comparar os incidentes ocorridos em Montreal e no Red Bull Ring é “como comparar maçãs com laranjas”.

No entanto, Pierro Ferrari declarou ao jornal Il Resto del Carlino: “O risco é que nossos fãs comecem a suspeitar que há um preconceito contra a Scuderia. Eu prefiro pensar que não é verdade. Não podemos nos dar ao luxo de perder credibilidade. A paixão do cidadão comum deve ser respeitada”.

Ferrari admitiu que as decisões diferentes dos comissários no Canadá e na Áustria são frustrantes.

“A posição da Ferrari é clara”, disse ele. “Para nós, Vettel venceu em Montreal. No caso dele, houve uma aplicação literal do regulamento, o que não aconteceu em Zeltweg”.

Segundo ele, sem regras mais “simples” e “transparentes” que sejam aplicadas consistentemente, “as pessoas ficam insatisfeitas”. Porém, Ferrari ainda vê um lado positivo.

“No mês passado, com Vettel e Leclerc, nós fizemos duas poles e lutamos pela vitória até a bandeira quadriculada em ambas as ocasiões. Mesmo com a controvérsia externa, a equipe está reagindo às dificuldades. Isso é uma coisa boa”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.