F1 – Para Ricciardo, é cedo para prever motores da Red Bull

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo diz que é muito cedo para prever um futuro com Honda ou a Aston Martin para a Red Bull. O australiano admite abertamente que, com seu contrato terminando no final do ano que vem, não descarta uma mudança para uma equipe mais competitiva.

Um problema importante é o fornecedor de motores da Red Bull. O relacionamento atual com a Renault está pronto para terminar; a Red Bull está se aproximando da Honda com o novo acordo com a Toro Rosso; e a patrocinadora título de 2018, a Aston Martin, está considerando entrar no esporte como uma fornecedora de motores.

“Você nos verá aumentando gradualmente nosso envolvimento”, confirmou o chefe da Aston Martin, Andy Palmer, na revista Auto da FIA. Perguntado se isso significa um projeto de fornecimento de motores, ele respondeu: “Você certamente está insinuando na direção certa”.

Mas Ricciardo diz que é muito cedo para falar sobre o futuro da Aston Martin na F1. “Tudo o que sei é que eu vou ter um excelente carro de rua para dirigir novamente no próximo ano”, sorriu ele.

“Quanto ao resto, eu não sei. Claramente, é ótimo que a equipe esteja associada a uma marca como a Aston Martin, mas como ela irá desenvolver e quais motores vamos ter no futuro, eu não sei.

“Meu contrato termina no próximo ano, mas não é hora de pensar em 2019”, disse Ricciardo. “Vejamos como a próxima temporada se desenrola e em que direção a equipe está se movendo”.

Quando perguntado qual seria sua melhor opção se a Red Bull não melhorar, Ricciardo riu: “Tênis?”

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.