F1 – O novo assoalho W da Mercedes

Assoalho W da Mercedes

Assoalho W da Mercedes

Tendo completado mais do que a quilometragem alvo no primeiro dia de testes, e realmente superando seu recorde de quilometragem de qualquer sessão de teste desde a introdução do atual regulamento de motor, a Mercedes parece estar novamente um passo à frente da concorrência, uma vez que já começou a adicionar novos componentes aerodinâmicos em seu carro, um único dia após a estreia W07.

Chamado de W-floor (assoalho W) pela Mercedes, a área em frente do sidepod apresenta agora uma série de painéis horizontais e verticais serrilhados, todos eles destinadas a dirigir o fluxo de ar para a traseira do carro. O layout mais convencional aqui é ter um bargeboard, que é um painel sólido vertical que orienta o ar para longe do eixo do carro, e em torno dos sidepods. O caso é que, como o relevo do sidepod tornou-se tão fundo e suave, há menos necessidade do painel vertical, forçando as equipes a investigar outras coisas para colocar nesta área, em grande parte não regulamentada.

Assim, em vez de direcionar o ar para fora, os 6 novos painéis permitem que o ar “sangre” através do sistema, para a área de baixa pressão que está por trás do “bargeboard combinado”. A parte interessante aqui é que cada painel vertical está ligado a uma extensão independente do assoalho. E, assim como com os itens verticais, este costumava ser um painel único e contínuo de fibra de carbono.

No entanto, como o ar flui para fora nesta área, a ligeira curva nas extensões do assoalho ajudam a “buscar” algum fluxo de ar e empurrá-lo para debaixo do assoalho, onde ele vai ser trabalhado pelo difusor para criar downforce mais eficiente para todo o assoalho do carro.

Julgando a complexidade dos elementos, parece pouco provável que muitas equipes serão capazes de copiar isto rapidamente, mas pode-se perguntar se este é o começo do fim dos bargeboards tradicionais, que estão há muitos anos nos carros de F1.

AS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.